Use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10737/730
Title: Composição de Libélulas (Odonata) em diferentes ambientes da floresta nacional de São Francisco de Paula, Rio Grande do Sul, Brasil
Authors: Renner, Samuel  Lattes
Keywords: Floresta Ombrófila Mista;Odonata;Ecologia;Conservação
Date of Defense: 22-Dec-2014
Issue Date: 4-May-2015
Citation: RENNER, Samuel. "Composição de Libélulas (Odonata) em diferentes ambientes da floresta nacional de São Francisco de Paula, Rio Grande do Sul, Brasil". 2014. Dissertação (Mestrado) – Curso de Ambiente e Desenvolvimento, Universidade do Vale do Taquari - Univates, Lajeado, 22 dez. 2014. Disponível em: <http://hdl.handle.net/10737/730>.
Abstract: A fragmentação dos ambientes causada pelo desenvolvimento humano, trás consigo muitas consequências, sendo a principal delas o desequilíbrio ecológico, perda de biodiversidade e degradação dos ambientes aquáticos. Um dos mais ricos biomas do nosso planeta é a Floresta Atlântica, o qual ainda é pouco conhecido para determinados grupos animais, um exemplo disso é a ordem Odonata. Este bioma encontra-se atualmente fragmentado, recebendo todo o tipo de pressão. A formação florestal encontrada no sul do Brasil, é a Floresta Ombrófila Mista (FOM), uma formação florestal pertencente ao Bioma Mata Atlântica. No Estado do Rio Grande do Sul, o bioma Mata Atlântica ocupava as regiões mais altas e de encosta, cobrindo praticamente toda metade norte do estado. A FOM é caracterizada principalmente pela presença da Araucaria angustifolia (Bertol.) Kuntze (Araucariaceae). Atualmente os fragmentos remanescentes da FOM encontram-se dispersos em matriz de campo, agricultura ou áreas urbanas. Neste contexto o inventariamento de espécies desempenha um valioso papel na conservação destes remanescentes florestais. O presente trabalho foi desenvolvido em um grande fragmento de floresta, o qual contempla uma reserva ecológica: a Floresta Nacional de São Francisco de Paula/RS. Foi desenvolvido um inventariamento de espécies de Odonata, utilizando-se 30 pontos de amostragem, distribuídos entre quatro tipos de vegetação e três tipos de sistemas aquáticos. Foram registradas 47 espécies, distribuídas entre oito famílias. A composição da assembleia de Odonata foi comparada entre diferentes tipos de ambientes aquáticos: rios, lagos e banhados, e diferentes tipos de formações vegetais: mata nativa (FOM), araucária plantada, Pinus e campos. Foi encontrada maior riqueza de espécies em florestas de pinus, sendo esta composta principalmente por espécies generalistas. Foi utilizada e adaptada uma metodologia de seleção de espécies indicadoras de qualidade ambiental. Assim aprofundou-se o escasso conhecimento sobre esta ordem na Floresta Atlântica/FOM, gerando uma contribuição para medidas futuras de conservação e definição de áreas de proteção ambiental.
The human development brings several consequences to the environment, being the most remarkable the fragmentation of natural systems, resulting in ecological imbalance, biodiversity loss and degradation of the watershed. One of the richest biomes of this planet is the Atlantic Forest, which still poorly known in many animal groups, one example is the Odonata order. Actually this biome remains, under pressure in a fragmented mosaic. The forest formation occurring in the South of Brazil is the Mixed Ombrophilous Forest (MOF), a subtype of the Atlantic Forest. In the state of Rio Grande do Sul, this biome covered the high regions and the slopes of the Atlantic Ocean, occurring mostly in the northern half of the state. The MOF is remarkable by the presence of the Brazilian Pine (Araucaria angustifolia). Nowadays the remnants of the MOF are disperse in open fields, agriculture or urban matrix. In this context, the species inventory can play a key role in the conservation of these forest remnants. The present study was developed in a big forest fragment, in which exists an ecologic reserve: the Floresta Nacional de São Francisco de Paula, RS. The dragonfly species inventory was performed by sampling 30 aquatic sources distributed in four vegetation types and three types of aquatic systems. Were registered 47 species scattered in eight families. The Odonata assemblages found in all the types of water (rivers, lakes and swamps) and vegetation types (MOF, araucaria forest, pinus forest and open fields) were statistically compared. In the pinus areas was found the richest assemblage, being composed mainly by generalist species. Was applied and adapted a known methodology for the selection of potential indicator species. The poor knowledge of the Odonata order was improved in the Atlantic Forest/MOF, contributing for future conservation measures and definition of priority protection areas.
URI: http://hdl.handle.net/10737/730
Appears in Collections:Ambiente e Desenvolvimento

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
2014SamuelRenner.pdf1,88 MBAdobe PDFThumbnail
View/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons