Use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10737/78
Title: Critérios para delimitação de áreas de preservação permanente a partir da transposição de vazões e da utilização de cotas topográficas: estudo de caso em área de bacia hidrográfica do Arroio Sampaio
Authors: Fischer, Ana Cláudia  Lattes
Keywords: Área de preservação permanente;Cota topográfica;Cheias
Date of Defense: 3-Apr-2009
Issue Date: 8-Jun-2009
Citation: FISCHER, Ana Cláudia. "Critérios para delimitação de áreas de preservação permanente a partir da transposição de vazões e da utilização de cotas topográficas: estudo de caso em área de bacia hidrográfica do Arroio Sampaio". 2009. Dissertação (Mestrado) – Curso de Ambiente e Desenvolvimento, Universidade do Vale do Taquari - Univates, Lajeado, 03 abr. 2009. Disponível em: <http://hdl.handle.net/10737/78>.
Abstract: Diante das divergências no campo técnico, entre consultores e órgãos fiscalizadores, em decorrência da interpretação da Resolução do Conselho Nacional do Meio Ambiente n° 303 de 20 de março de 2002, a delimitação da Área de Preservação Permanente torna-se imprescindível para o planejamento, o ordenamento territorial, a fiscalização e a sua caracterização em mapas para a orientação das ações de campo, sejam em âmbito regional ou nacional. Neste estudo apresenta-se um método para definir a cota topográfica de início da Área de Preservação Permanente, considerando as cheias máximas anuais, em uma área destinada ao licenciamento ambiental para a atividade de extração mineral de argila, localizada no município de Cruzeiro do Sul/RS, possibilitando que este método possa ser utilizado em outras áreas de bacias hidrográficas semelhantes.
URI: http://hdl.handle.net/10737/78
Appears in Collections:Ambiente e Desenvolvimento

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
AnaFischer.pdf4,07 MBAdobe PDFThumbnail
View/Open


Items in BDU are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.