Use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10737/801
Title: O letramento científico e práticas dos professores de biologia do ensino médio
Authors: Souza, Tadeu Teixeira de  Lattes
Keywords: Ensino de Biologia;Letramento científico;Ensino Médio;Prática docente
Date of Defense: Jan-2015
Issue Date: 29-Jul-2015
Citation: SOUZA, Tadeu Teixeira de. "O letramento científico e práticas dos professores de biologia do ensino médio". 2015. Dissertação (Mestrado) – Curso de Ensino de Ciências Exatas, Universidade do Vale do Taquari - Univates, Lajeado, jan. 2015. Disponível em: <http://hdl.handle.net/10737/801>.
Abstract: A presente dissertação discorre sobre as práticas dos professores de Biologia do Ensino Médio realizadas nas escolas públicas de Iguatu e suas reais possibilidades para desenvolver o letramento científico, considerando que o ensino de Biologia estar voltado para as práticas que valorizam a memorização e o uso do livro didático como uma das ferramentas pedagógicas mais utilizadas para a aprendizagem dos alunos. Desta forma, este estudo objetivou analisar como o letramento científico surge na prática diária dos professores de Biologia das escolas de Ensino Médio da cidade de Iguatu/CE, além de propor atividades que desenvolva o letramento científico com estes professores e seus alunos. A pesquisa ocorreu no primeiro semestre de 2014 com os professores de Biologia das escolas públicas estaduais da cidade de Iguatu/Ceará. A metodologia utilizada pela pesquisa se fundamentou na abordagem qualitativa, através de entrevista direta com 13 professores de Biologia, apoiado por um estudo de caso envolvendo 4 momentos de estudos com 3 professoras e processo de intervenção, realizado em sala de aula de 2 escolas públicas de Ensino Médio desse município. A análise dos dados coletados ocorreu através da Análise Textual Discursiva. Como resultado das entrevistas foi possível verificar que os professores envolvidos não apresentaram domínio do conceito de letramento científico; usam o livro didático como principal instrumento metodológico explorando a resolução de exercícios; utilizam pouco outros tipos de textos, como textos científicos, divulgação científica e jornal, para explorar a realidade social dos alunos e não incluem a leitura nas aulas de Biologia para a produção de textos reflexivos. Em relação aos momentos de estudos, registrou-se a importância desses como momentos de reflexão da prática docente, a necessidade de introduzir estratégias de leituras utilizando os textos de divulgação científica, aproximar os conteúdos de Biologia ao contexto social dos alunos como forma de valorizar os conceitos já existentes nos alunos e entender que o letramento científico desenvolve competências e habilidades que habilita o aluno a intervir nos problemas cotidianos. Em relação à intervenção na sala de aula, percebeu-se que ao valorizar os conhecimentos prévios dos alunos, estes tornaram-se desafiados em participar das discussões; ao utilizar textos com assuntos do dia a dia foi possível desenvolver competências inerentes ao letramento científico de forma a resolver situações problemas a partir de situações concretas. Assim, foi possível compreender que a competência de ser letrado cientificamente exigirá de todos os que fazem a educação o compromisso de melhorar o ensino de Biologia, a partir de práticas que promovam o letramento, pois o nível de proficiência está aquém do desejável, se comparado às competências propostas pelo o PISA.
This dissertation discusses how being the scientific literacy in the teaching practice of biology teachers considering that the current situation shows that the teaching of this subject is based only on memorizing content and the intensive use of the textbook as the only educational tool for student learning. Thus, this study aimed to analyze how scientific literacy appears in the daily practice of biology teachers of high schools of Iguatu / EC, and to develop scientific literacy activities with these teachers and their students The research methodology used was based on the qualitative approach, with direct interviews with 13 biology teachers, 4 times 3 studies with teachers and intervention in the classroom in two public high schools. Thus, the data analysis was done through content analysis. The results of the interviews teachers are not scientific literacy approach to terminology, use textbooks as the main methodological tool exploited to problem solving; little used other types of texts involving the social reality of the students as well as the inclusion of reading and interpretation in biology classes from the production of reflective texts. Regarding moments studies, there was their importance as moments of reflection of teaching practice, the need to introduce reading strategies through scientific texts, to coordinate the Biology content to the social context of the students in order to valorize the concepts existing in students and understand that scientific literacy develops skills and abilities that enables the student to intervene in everyday problems. In relation to intervention in the classroom, it was noticed that the value the students' prior knowledge, they become motivated to participate in discussions; to use texts with matters of everyday life was possible to develop skills inherent to scientific literacy in order to resolve problem situations from real life situations.
URI: http://hdl.handle.net/10737/801
Appears in Collections:Ensino de Ciências Exatas

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
2015TadeuTeixeiradeSouza.pdf3,05 MBAdobe PDFThumbnail
View/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons