Use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10737/842
Title: Contatos interétnicos: sesmeiros, fazendeiros, imigrantes alemães e indígenas Kaingang em territórios das bacias hidrográficas do Taquari-Antas e Caí
Authors: Vedoy, Moisés Ilair Blum
Keywords: Kaingang;Contatos interétnicos;Frente de expansão;Vale do Taquari;Vale do Caí
Date of Defense: Jul-2015
Issue Date: 18-Nov-2015
Citation: VEDOY, Moisés Ilair Blum. "Contatos interétnicos: sesmeiros, fazendeiros, imigrantes alemães e indígenas Kaingang em territórios das bacias hidrográficas do Taquari-Antas e Caí". 2015. Monografia (Graduação em História) – Universidade do Vale do Taquari - Univates, Lajeado, jul. 2015. Disponível em: <http://hdl.handle.net/10737/842>.
Abstract: Considerando a relevância da temática sobre a história indígena para a construção social do Rio Grande do Sul, bem como da invisibilidade histórica das populações indígenas, tanto antes como durante o contato com os europeus, principalmente em relação ao território localizado na bacia Hidrográfica do Taquari-Antas e Caí, este trabalho busca revisitar este processo histórico. Objetiva-se com esta pesquisa compreender os contatos interétnicos envolvendo os Kaingang e as frentes do Estado Nacional brasileiro em territórios das bacias hidrográficas dos rios Taquari-Antas e Caí no século XIX, trazendo os Kaingang como protagonistas da história deste território. O estudo utilizou-se de fontes bibliográficas e documentais, as quais possibilitam visualizar o cenário do contato interétnico amparado por um referencial teórico sobre territorialidade, cultura, etnicidade e historiciadade indígena. Inicialmente apresentamos e analisamos o estabelecimento de fazendas em territórios da bacia hidrográfica do Taquari-Antas e logo após fazemos o mesmo para com o estabelecimento de colônias de imigrantes alemães como mecanismos das frentes de expansão do Estado Nacional brasileiro no século XIX, mas também contemplando o protagonismo indígena Kaingang. Por fim, o estudo deste cenário de contato entre indígenas e integrantes da frente de expansão no século XIX, demonstrou que, ao contrário das interpretações historiográficas que privilegiam em regiões do Vale do Taquari e Vale do Caí apenas os feitos dos colonizadores europeus ou descendentes destes, os Kaingang foram protagonistas diante da presença do outro em seu território.
URI: http://hdl.handle.net/10737/842
Appears in Collections:História

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
2015MoisesIlairBlumVedoy.pdf2,04 MBAdobe PDFThumbnail
View/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons