Univates

O que fazer em Lajeado e na região do Vale do Taquari?

Postado por Lais Pontin Matos

compartilhe

Você sabia que no Estado do Rio Grande do Sul há nada mais nada menos que 497 municípios? Algumas localidades são superconhecidas, já outras estão escondidas no pampa, como é o caso, por exemplo, da cidade de Lajeado, situada entre as sinuosas curvas do Vale do Taquari. A terra da Univates e da Expovale concentra uma infinidade de possibilidades. A fim de ressaltá-las, elaboramos uma listinha com dicas de por onde andar e o que fazer na região. Selecionamos informações para quem busca, além de qualidade de vida, opções de lazer e de formação acadêmica. Por aqui é possível encontrar desde shopping, universidade e cinema até áreas verdes, nas quais muitos viventes reúnem-se, geralmente em finais de semana, para prosear e tomar chimarrão. Tu estás convidado(a) a te aprochegar também, tchê!

Lucas George Wendt

Em Lajeado

Informações gerais

Lajeado é a maior cidade da região do Vale do Taquari, com 79 mil habitantes. Está distante 117 km de Porto Alegre, 110 km de Caxias do Sul e 61 km de Santa Cruz do Sul. De acordo com dados divulgados pelo Índice Firjan, Lajeado lidera o primeiríssimo lugar no ranking de municípios gaúchos mais desenvolvidos, e em nível nacional ocupa a 13ª posição.

Mesmo sendo uma localidade de médio porte, Lajeado conta com uma infraestrutura capaz de entusiasmar até quem não dispensa a comodidade de viver em municípios maiores, nos quais tudo chega e acontece mais rápido. Casas, prédios e demais construções espalham-se como miniaturas pelos 27 bairros da cidade. Locomover-se por aqui é relativamente fácil, já que existem linhas de ônibus que realizam trajetos entre um ponto e outro do perímetro urbano. Por estar localizada à beira da BR-386 e à margem do rio Taquari, Lajeado torna-se fácil rota de acesso a alguns centros econômicos importantes do Estado. 

O município de Lajeado destaca-se regionalmente no âmbito educacional. Ele recebeu do Ministério da Educação (MEC) o selo de “Cidade Livre do Analfabetismo”, pois mais de 96% da população sabe ler e escrever. A Universidade do Vale do Taquari - Univates é a principal instituição de ensino superior de Lajeado e mantém em funcionamento 45 cursos de graduação presenciais, 14 cursos de graduação a distância (bacharelados, licenciaturas e superiores de tecnologia), 1 sequencial presencial, 19 técnicos, 36 cursos de pós-graduação (especialização, mestrado e doutorado), além de diversos cursos de educação continuada

O campus da Univates é lindo, cheio de vida e aberto à comunidade de Lajeado. Nos finais de semana, a galera costuma se encontrar para colocar o papo em dia na rótula em frente ao Centro Cultural da Instituição ou então no gramado ao lado da Biblioteca mais moderna da América Latina. Durante o inverno, esses espaços tornam-se propícios para um costume tipicamente gaúcho: comer bergamota e lagartear ao sol na companhia de guris e gurias.

O que mais vou encontrar aqui?

Se você não perde nenhuma oportunidade de estar ao ar livre, na companhia de árvores, flores e passarinhos, saiba que Lajeado conta com muitos parques e áreas verdes. No Jardim Botânico da cidade, por exemplo, é possível fazer trilhas e, quando o cansaço bater, recarregar as energias ouvindo o barulho de cachoeira. Vai dizer que um passeio desses não é tri legal?

No Parque Professor Theobaldo Dick (popularmente chamado por quem vive em Lajeado apenas de Parque dos Dick) acontecem grandes eventos. Já pensou curtir o show de seu artista ou banda preferido ao ar livre, tendo espaço de sobra para dançar e saracotear? Se você prefere programas calmos, pode reunir alguns amigos no parque e, com eles, acompanhar o sol se pondo ao fim de mais um dia.

Seu desejo é viajar para mais longe sem sair de Lajeado? Então dê um pulinho ao Parque Histórico da cidade. Lá você vai encontrar casas em modelo enxaimel como as que existem na Alemanha. 

Mas e se minha vibe for mais urbana?

Não precisa louquear! Em Lajeado existem opções de entretenimento para todos os gostos. A cidade conta com shopping, cinema e uma área de compras localizada na rua Júlio de Castilhos, a principal da cidade. Passear por essas bandas é divertidíssimo. Só não fica faceiro quem não quer!

Na região do Vale do Taquari

Informações gerais

Na região do Vale do Taquari vivem 348.435 habitantes (número que representa 3,11% de toda a população do Rio Grande do Sul), distribuídos em 36 municípios que são chamados de formas no mínimo curiosas. Você pode dar uma passadinha em cidades como Capitão, Travesseiro, Anta Gorda, Poço das Antas e Sério para averiguar se são apenas seus nomes que lhes conferem tanta excentricidade. 

De acordo com a Associação dos Municípios de Turismo da Região dos Vales (Amturvales), há no Vale do Taquari

  • 17 centros de lazer, entre balneários, campings e parques; 

  • 57 meios de hospedagem, como hotéis e pousadas;

  • 241 estabelecimentos de alimentação e bebidas, como restaurantes e pubs;

  • 2 centros de compras ou shoppings.

 

Feito: você já foi devidamente apresentado(a) à cidade de Lajeado e à região do Vale do Taquari. Agora é hora de arrumar a mala, providenciar a cuia e zarpar para este cantinho da querência amada que tanto tem a oferecer a quem o visita. Por aqui é possível encontrar opções capazes de deixar até o mais atucanado dos viventes louco de tão contente! 

Pequeno dicionário gauchês

Nicole Morás

Frio de renguear cusco: sentir muito frio em dias de temperaturas baixas;

Montar acampamento: hospedar-se em algum lugar por tempo indeterminado;

Vivente: pessoa, indivíduo; 

Prosear: conversar, papear; 

Chimarrão: bebida característica do Rio Grande do Sul, preparada com folhas e ramos secos e triturados da erva-mate;

Aprochegar: acomodar-se perto de algo ou alguém, chegar perto; 

Tchê: expressão utilizada pelos gaúchos para demonstrar surpresa, indignação ou felicidade; 

Bergamota: chamada de tangerina em outros estados do País; 

Lagartear ao sol: ficar ao sol em dias de inverno, pegar um solzinho; 

Guris e gurias: meninos e meninas; 

Tri legal: muito legal, muito bacana; 

Saracotear: divertir-se, fazer festa; 

Louquear: ficar indignado ou irritado com algo; 

Passear por essas bandas: passear em dependências de lugares específicos; 

Faceiro: feliz, animado; 

Feito: termo utilizado para indicar a conclusão de algo; 

Cuia: recipiente no qual é servido o chimarrão; 

Zarpar: dirigir-se para algum lugar, ir embora de algum lugar; 

Querência amada: nosso Rio Grande do Sul;

Atucanado: preocupado com algo, apreensivo; 

Louco de tão contente: extremamente feliz, animado.

E-book

[E-BOOK] Guia definitivo para quem quer empreender.

Receba este e-book gratuitamente.

quero esse e-book
Fale com a gente