Tecnovates sedia Ciclo de Palestras da Ativales

Postado em 27/04/2018 16h10min e atualizado em 27/04/2018 16h15min

Por Artur Dullius/Ativales

Divulgação

Empresas da área de Tecnologia de Informação dos Vales dos Taquari e Rio Pardo estiveram reunidas no auditório do Tecnovates, na noite da última quinta-feira, dia 26. Durante o Ciclo de Palestras realizado pela Ativales (Associação das Empresas de Tecnologia de Informação dos Vales do Taquari e Rio Pardo), cases de empreendedores da área foram apresentados e discutidos entre os palestrantes.

Entre elas estava a empresa SOL7, que desenvolveu um sistema capaz de dar respostas imediatas ao ser acessado. Segundo o CEO da empresa, Douglas Scheibler, a ferramenta IBM Watson se trata de um sistema que pode ser treinado a interagir com o usuário. “É uma espécie de chatbot, com

inteligência cognitiva, o qual a Sol7 está mapeando em três etapas. A primeira, de suporte e apoio ao usuário final, no qual a ferramenta é treinada para esclarecer dúvidas dos clientes da empresa. A segunda etapa trabalha com a realização de ações, como o envio de e-mail ou alerta para um usuário. Já a terceira fase é a de prospecção de negócios em si, em que o cliente pode solicitar um relatório de quanto sua empresa fatura por mês”, explica Scheibler.

Conforme o CEO, a empresa ainda está em fase de treinamento da ferramenta. “É como se fosse uma criança que precisa ser ensinada. Trata-se de um processo cognitivo em que é necessário ensinar os processos para a ferramenta. Tem uma etapa de maturidade e é nessas três etapas que programamos esse processo. Estamos finalizando a primeira etapa para liberá-lo pelo mobile, junto com o desktop”, afirma Douglas.

Divulgação

O evento contou ainda com o pronunciamento do pró-reitor de Extensão e Relações Comunitárias da Universidade de Santa Cruz do Sul (Unisc), professor Angelo Hoff, e da professora Simone Stülp, diretora de Inovação e Sustentabilidade da Universidade do Vale do Taquari - Univates. Por fim, o presidente da Ativales, Eduardo Bittencourt, fez uma avaliação do Ciclo de Palestras. “Conseguimos abrir caminho para novas ações no Vale do Taquari, a fim de fomentar mais empresas a participarem da associação”, destacou Bittencourt.