Lucas George Wendt

Por meio da inovação aberta, Univates oferece à região laboratórios de alta tecnologia para pesquisa e desenvolvimento

Postado as 22/10/2020 08:27:48

Por Lucas George Wendt

A estrutura de pesquisa, desenvolvimento e inovação (PD&I) da Universidade do Vale do Taquari - Univates está à disposição de empresas e empreendedores do Brasil e do exterior. A maior parte dos espaços disponíveis está no Parque Científico e Tecnológico do Vale do Taquari - Tecnovates, ecossistema de PD&I fundamentado no conceito de inovação aberta que é uma iniciativa da Univates com o apoio de entidades públicas e privadas. 

Além da estrutura física, a estrutura de recursos humanos do Parque, com profissionais qualificados em diferentes áreas, também pode ser contratada. O acesso aos espaços é uma possibilidade para todos os interessados, indiferente do regime do contato com o Tecnovates, que pode contribuir para as empresas incubadas, as parceiras, as residentes e as locatárias para o desenvolvimento de produtos, processos, modelagens e serviços inovadores.

São áreas prioritárias para o Tecnovates a tecnologia de alimentos, tecnologias ambientais e energéticas, tecnologias em saúde e bem-estar, tendo como suporte as tecnologias da informação, da automação, de mercado e da indústria criativa.

Nicole Morás

“Oportunizamos a inovação às empresas”

A coordenadora administrativa do Tecnovates, professora Cintia Agostini, explica que o Parque foi concebido a partir do conceito de inovação aberta. Ela esclarece. “As empresas não precisam mais ter em suas plantas, cada uma delas, uma estrutura de pesquisa e desenvolvimento para criar novos produtos, novos serviços, processos ou até modelar novos negócios. Elas podem acessar parceiros. Nós somos um parceiro no Tecnovates”. 

Cintia comenta que o papel do Parque no processo é mediar a capacidade que a Universidade tem de reunir recursos humanos e estrutura de ponta com as necessidades das empresas e demais organizações da sociedade. “Pequenas e médias empresas precisam atualizar seus processos e serviços. Fazer isso na planta produtiva não é a melhor alternativa. Se elas não conseguirem fazer isso, não estão inovando ou se colocando no mercado de forma diferente. O Tecnovates oferece segurança àqueles que querem tentar, desde a concepção da ideia até a colocação do projeto na planta produtiva da empresa, minimizando custos, os riscos e o tempo de todo o processo. Oportunizamos a inovação às empresas”, revela. 

A coordenadora explica que a Univates possui um dos maiores centros de tecnologia do Sul do Brasil. “Isso nos dá condição de atendimento nas mais diversas áreas e sob as mais diversas perspectivas para os nossos parceiros. Quando uma empresa faz contato com o Parque conseguimos entregar para ela com todo sigilo, com toda segurança, um trabalho científico e tecnológico adequado para projetar e criar um processo, um produto ou um serviço condizente com a aquilo que ela pode vir a produzir e entregar no mercado”, observa Cintia.  

A cocriação das condições do trabalho é feita entre a empresa e o Parque. Interessados em conhecer mais sobre o Tecnovates e o ecossistema de inovação da Univates podem fazê-lo em univates.br/tecnovates; no Facebook; no Instagram; e no LinkedIn

Os interessados em conhecer mais sobre os laboratórios à disposição podem contatar o Parque pelo e-mail tecnovates@univates.br ou pelo telefone (51) 3714 7000 ramais 5956, 5908 e 5940. 

Conheça os espaços da estrutura do Tecnovates à disposição das empresas e empreendedores: 

CTPPA

O CTPPA oferece suporte ao controle da qualidade de matérias-primas, análise de composição nutricional e aspectos sensoriais dos alimentos, além de auxiliar no desenvolvimento de tecnologias para a melhoria dos processos de produção e armazenamento de produtos. É possível acessar espaços que contemplam todas as etapas do desenvolvimento de produtos, desde a análise de ingredientes e embalagens, até o desenvolvimento de novas formulações e determinação do tempo de prateleira. Também são realizadas análises físico-químicas, térmicas, cromatográficas, microscópicas e microbiológicas em diferentes matrizes alimentícias.

Central Instrumental, que apoia os demais laboratórios:

Laboratório FTIR (Espectrometria de Infravermelho)

Laboratório ICPMS (Espectrometria de Massa com Plasma Acoplado Indutivamente)

Laboratório MEV (Microscopia Eletrônica de Varredura)

Laboratório CGMS (Cromatografia Gasosa Acoplada à Espectrometria de Massa)

Laboratório LCMS (Cromatografia Líquida Acoplada à Espectrometria de Massa)

Laboratório de Absorção Atômica

Laboratório HPLC (Cromatografia Líquida de Alta Eficiência)

Laboratório DSC (Calorimetria Diferencial de Varredura)

Laboratório TGA (Análise Termogravimétrica)

Isabel Pavan

Microusina do Leite

Microusina do Leite

 

Laboratório de Desenvolvimento de Produtos Lácteos 

Espaço que simula o ambiente industrial para a realização de pesquisas em escala-piloto, onde podem ser testados processos, insumos e ingredientes no desenvolvimento de produtos lácteos.

 

Laboratório Cervejeiro 

Pioneiro no Rio Grande do Sul, o espaço conta com infraestrutura completa para o desenvolvimento de cervejas e outras bebidas fermentadas, em escala-piloto. Possui equipamentos que possibilitam o controle de todo o processo, da moagem de grãos até as etapas de fermentação e maturação, com tecnologia de controle remoto do processo.

Food FabLab 

O Laboratório de Práticas de Produção de Alimentos atende a todas as empresas parceiras na produção de alimentos. Possibilita a experimentação de novos produtos, desenvolvimento de formulações e testes de processamento, bem como estudos envolvendo análise de shelf life e degradação acelerada de diferentes produtos.

Gabriela Hammes

Laboratório de Tecnologias Criativias

Laboratório de Tecnologia Criativa

 

Laboratório de Tecnologia Criativa 

O Laboratório de Tecnologia Criativa disponibiliza serviços de prototipagem e produção de objetos por meio de impressão 3D (tecnologias InkJet e FDM), em corte e gravação a laser, de escaneamento 3D e modelagem de projetos em 3D. 

Tuane Eggers

Estrutura do CPETS

Estrutura do CPETS

Centro de Pesquisa em Energias e Tecnologias Sustentáveis (CPETS)

O CPETS realiza pesquisas na área de energias renováveis, especificamente na geração de biogás por meio do processo de biodigestão anaeróbia. Além disso, realiza avaliações em biogás no qual empregam-se como fontes de biomassa lodos advindos de estações de tratamento de efluentes, borras residuais, resíduos oriundos de atividades agrícolas, como dejetos de animais (bovinos, suínos, aves) e demais resíduos com potencial de uso em biodigestão anaeróbia.

Laboratório de Tecnologia Criativa

Laboratório de Tecnologia Criativa

Gabriela Hammes

Laboratório de Tecnologia Criativa
Laboratório de Tecnologia Criativa

Gabriela Hammes

Microusina do Leite
Microusina do Leite

Isabel Pavan

Tuane Eggers

Estrutura do CPETS
Estrutura do CPETS

Tuane Eggers