A LOGÍSTICA REVERSA E A RECICLAGEM DE COMPONENTES ELETRÔNICOS COMO OPÇÕES SUSTENTÁVEIS: ANÁLISE DE UM PROJETO NO ESTADO DE MATO GROSSO

Djeimella Ferreira de Souza, Loanna Rodrigues Silva, Nathalia Prochnow Nagai, Paulo Henrique Martins Desidério

Resumo


O processo de inovação tecnológica em componentes eletrônicos possibilitou acesso irrestrito da sociedade à informação e produtos tecnológicos em seu cotidiano. No entanto, a velocidade da perspectiva schumpteriana de destruição criativa nas substituições destes produtos por melhores promoveu um impacto nas políticas de gestão ambiental, a do lixo eletrônico. Dessa forma, uma discussão sobre os caminhos reversos destes equipamentos pode minimizar efeitos ambientais relevantes. Percebe-se também uma busca da indústria por materiais com menor impacto ambiental, capacidade de reuso e possibilidade de redução de custos produtivos. Por esse contexto, este artigo analisar a trajetória experiencial de um projeto de logística reversa de componentes eletrônicos no estado de Mato Grosso, por meio da interação entre universidade-empresa. Abordagem da pesquisa é qualitativa de caráter descritivo com método de estudo de caso único. Foi acompanhado em campo o projeto e realizada uma entrevista com professor pesquisador que contribuiu para sua efetividade. Os resultados apontaram uma sinergia estratégica da empresa de engenharia reversa e a sociedade na viabilidade do processo de reciclagem.

Palavras-chave


Logística Reversa; Lixo Eletrônico; Responsabilidade Social.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.22410/issn.1983-036X.v25i2a2018.1498

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2018 Nathalia Prochnow Nagai, Loanna Rodrigues Silva, Paulo Henrique Martins Desidério

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - NãoComercial 4.0 Internacional.

Tradução automática: