RELAÇÃO ENTRE CANDIDÍASE DE REPETIÇÃO, DISBIOSE INTESTINAL E SUPLEMENTAÇÃO COM PROBIÓTICOS: UMA REVISÃO

Autores

  • Rafaela Mulinari Paludo UNIVATES
  • Débora Marin

DOI:

https://doi.org/10.22410/issn.2176-3070.v10i3a2018.1745

Palavras-chave:

Candidíase, Candidíase vulvovaginal, Disbiose, Probióticos, Lactobacillus.

Resumo

Objetivo: Revisar os estudos sobre os efeitos dos probióticos na regulação da microflora intestinal e a possível relação com a melhora do quadro de candidíase e de candidíase de repetição. Método: Tratou-se de um estudo de revisão com abordagem qualitativa. Resultados: A candidíase vaginal é uma infecção fúngica, que afeta a maioria das mulheres em idade fértil. A disbiose é um desequilíbrio da microbiota intestinal que pode afetar o estado de saúde do ser humano, inclusive o sistema imunológico e o trato urogenital das mulheres. Os probióticos são alimentos funcionais, compostos por microrganismos vivos, que atuam na melhora do quadro de disbiose intestinal quando consumidos de forma regular e em quantidade suficiente. Considerações finais: Concluiu-se por meio deste estudo que os probióticos apresentam efeitos benéficos no equilíbrio da flora intestinal, além de serem coadjuvantes no tratamento para candidíase vaginal e também de repetição.

Downloads

Publicado

06-11-2018

Como Citar

MULINARI PALUDO, Rafaela; MARIN, Débora. RELAÇÃO ENTRE CANDIDÍASE DE REPETIÇÃO, DISBIOSE INTESTINAL E SUPLEMENTAÇÃO COM PROBIÓTICOS: UMA REVISÃO. Revista Destaques Acadêmicos, [S. l.], v. 10, n. 3, 2018. DOI: 10.22410/issn.2176-3070.v10i3a2018.1745. Disponível em: https://www.univates.br/revistas/index.php/destaques/article/view/1745. Acesso em: 27 maio. 2024.

Edição

Seção

Ciências Biológicas e da Saúde