DAR VOZ A QUEM NÃO É OUVIDO: PERCEPÇÃO DE PESSOAS COM DEFICIÊNCIA FÍSICA SOBRE O SEU PODER DE CONSUMO

Autores

DOI:

https://doi.org/10.22410/issn.2176-3070.v11i3a2019.2087

Palavras-chave:

Pessoa com deficiência. Inclusão. Autonomia. Estabelecimentos Comerciais. Ambientes de Lazer

Resumo

A fim de conhecer a percepção das Pessoas com Deficiência sobre o seu poder de consumo em estabelecimentos comerciais e locais de lazer, o artigo teve como objetivo problematizar a inserção da pessoa com deficiência no convívio social, como sujeito autônomo em relação ao consumo em diversos setores. Realizou-se um estudo descritivo, exploratório e qualitativo, em uma Instituição de Ensino Superior de uma cidade do Vale do Taquari, no Rio Grande do Sul, tendo a amostra constituída por Pessoas com Deficiência, que exerçam papel de consumidores. Os resultados foram obtidos por meio de análise de conteúdo, apontando que conhecer o que as Pessoas com Deficiência pensam e o que elas têm a sugerir é de extrema importância para o contínuo aperfeiçoamento e construção de um ambiente inclusivo.

Biografia do Autor

Jeinifer Soares Silveira, Universidade do Vale do Taquari - UNIVATES

Fisioterapeuta graduada pela Universidade do Vale do Taquari - UNIVATES

Lydia Koetz Jaeger, Universidade do Vale do Taquari - UNIVATES

Mestre e Doutora em Ambiente e Desenvolvimento pela Universidade do Vale do Taquari - UNIVATES

Downloads

Publicado

19-11-2019

Como Citar

SOARES SILVEIRA, Jeinifer; KOETZ JAEGER, Lydia. DAR VOZ A QUEM NÃO É OUVIDO: PERCEPÇÃO DE PESSOAS COM DEFICIÊNCIA FÍSICA SOBRE O SEU PODER DE CONSUMO. Revista Destaques Acadêmicos, [S. l.], v. 11, n. 3, 2019. DOI: 10.22410/issn.2176-3070.v11i3a2019.2087. Disponível em: https://www.univates.br/revistas/index.php/destaques/article/view/2087. Acesso em: 21 maio. 2024.

Edição

Seção

Ciências Biológicas e da Saúde