MATEMATICANDO: A GEOMETRIA NAS MANDALAS

Mariana Baumhardt Souza, Marli Teresinha Quartieri, Miriam Ines Marchi

Resumo


Este artigo pretende socializar os resultados de uma prática pedagógica desenvolvida com alunos do 6º ano do Ensino Fundamental de uma escola pública, localizada em Porto Alegre/RS. O objetivo da prática foi propiciar aos alunos atividades que relacionassem conteúdos matemáticos com a arte, por meio da construção de mandalas. Além disso, foram investigados quais conceitos geométricos poderiam emergir durante a realização das atividades propostas, bem como as reações dos alunos durante a efetivação das mesmas. A coleta dos dados foi realizada a partir do diário de bordo e registros fotográficos de cada intervenção. A prática possibilitou a emergência de conteúdos geométricos relacionados a simetria, posição de retas, figuras planas. Percebeu-se a motivação e o interesse dos alunos durante as atividades propostas. Ademais, a cada encontro resgatavam conhecimentos adquiridos e compreendiam novos saberes relacionando a geometria com a arte.

Palavras-chave


Geometria. Mandalas. Prática pedagógica.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.22410/issn.1983-0378.v38i1a2017.1387

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2017 Mariana Baumhardt Souza

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - NãoComercial 4.0 Internacional.

Tradução automática: