A INTERLOCUÇÃO ENTRE PARES: CONTRIBUIÇÕES PARA A REFLEXÃO DA PRÁTICA PEDAGÓGICA DO PROFESSOR-FORMADOR

Ademar Antonio Lauxen, José Claudio Del Pino

Resumo


A análise das concepções epistemológicas e educacionais de ensinar e aprender de professores-formadores pode apontar a racionalidade que fundamenta a atuação desses educadores em cursos de graduação, especialmente nas licenciaturas. A investigação visou a perceber quanto um grupo de professores e professoras atuantes em um curso de Licenciatura em Química de uma instituição de ensino superior têm ampliado seus saberes docentes a partir de um espaço/tempo institucional existente e em que medida isso tem implicado em mudanças no fazer pedagógico de cada um. O presente texto é resultado de um estudo, de caráter qualitativo, situado no contexto da investigação-ação. A pesquisa aponta que a formação continuada e os processos reflexivos que dessa decorrem, os momentos de socialização, a análise e a reflexão das práticas pedagógicas com seus pares e a constituição de espaços/tempos intrainstitucionais são importantes para promover novos estágios de compreensão aos sujeitos-atores do processo educativo, contribuindo para a problematização de saberes e reconfiguração da ação.

Palavras-chave


Aprender. Ensinar. Formação docente. Saber-docente.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.22410/issn.1983-0378.v41i1a2020.2428

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2020 Ademar Antonio Lauxen, José Claudio Del Pino

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - NãoComercial 4.0 Internacional.

Tradução automática: