TEATRO: UM JOGO DE SABERES E FAZERES

Belonice Medeiros da Silva

Resumo


O objetivo principal da pesquisa é investigar os modos de pensar e fazer teatro na escola a partir do ponto de vista dos professores e dos significados sociais que eles conferem às práticas teatrais inseridas no cotidiano escolar. Inspirado na perspectiva de autores como Viola Spolin, Henry Giroux, Flávio Desgranges e Fayga Ostrower, para citar alguns, o estudo enfoca experiências realizadas em quatro escolas da Rede Municipal de Ensino da cidade de Lajeado (RS) que desenvolvem projetos na área de teatro com alunos das séries iniciais e finais do Ensino Fundamental. Os dados foram coletados por meio de conversas com professores, de observações diretas das suas práticas pedagógicas, registradas em diário de campo, e de entrevistas semiestruturadas. A interpretação do material coletado fez emergir cinco categorias de análise, o que permitiu compreender a prática teatral como forma de socialização, como recurso didático para a aprendizagem, como fonte de convívio, como conhecimento de si e como processo reflexivo. As análises levam a concluir que o teatro praticado na escola oferece amplas possibilidades de transformação, pois seus elementos pedagógicos, ricos em significados, ajudam a tecer uma educação mais significativa, baseada na expressão dos sentimentos do aluno, o que lhe possibilita uma formação mais humana, comprometida com o outro e consigo mesmo.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2017 Belonice Medeiros da Silva

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - NãoComercial 4.0 Internacional.

Tradução automática: