Use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10737/1330
Title: Boação: um estudo para o desenvolvimento de um aplicativo móvel facilitador para doação de sangue
Authors: Silva, Adriana Lemos da
Keywords: Design de interação;Doação de sangue;Aplicativo móvel;Usabilidade
Date of Defense: 22-Jun-2016
Issue Date: Jan-2017
Citation: SILVA, Adriana Lemos da. Boação: um estudo para o desenvolvimento de um aplicativo móvel facilitador para doação de sangue. 2016. Monografia (Graduação em Design) – Universidade do Vale do Taquari - Univates, Lajeado, 22 jun. 2016. Disponível em: http://hdl.handle.net/10737/1330.
Abstract: Grande parte da população sabe que a doação de sangue é um ato de solidariedade que pode salvar muitas vidas, porém não o faz de forma constante, muitas vezes por esquecimento ou medo. Em decorrência do crescimento natural da população, a demanda por sangue aumenta constantemente e, apesar dos esforços por parte do governo quanto à esta causa, a captação de doadores não têm suprido as necessidades dos bancos de sangue. Assim posto, este trabalho visou o desenvolvimento de um aplicativo móvel com o principal objetivo de aproximar os doadores de pessoas e lugares que realmente precisam de sangue. Para isso, construiu-se um referencial teórico acerca da doação de sangue no Brasil, além de buscar informações sobre as tecnologias atuais, seus impactos nas formas de comunicação social e de como isso, juntamente com o design, pode melhorar o cenário atual e ajudar a salvar mais vidas. Foi realizada uma pesquisa quantitativa, através de um formulário online, para entender o perfil do público, tanto doador quanto não-doador. Foi realizada também uma pesquisa em aplicativos de doação de sangue já existentes, brasileiros e estrangeiros, com o objetivo de levantar questões técnicas, analisar sua usabilidade e seu fluxograma. A partir destes, foram selecionadas três aplicações brasileiras para que o público pudesse interagir e demonstrar, a partir de um teste de resposta emocional, suas percepções, quanto ao aspecto, facilidade de uso e navegabilidade. Com isso, foi possível verificar aspectos importantes e gerar uma lista de requisitos para o projeto e, assim, criar mapas para hierarquizar e dividir o conteúdo do aplicativo. A pesquisa teórica e o levantamento de dados, bem como o processo criativo do trabalho, foram guiados pela metodologia de Garrett (2003), que prevê a definição do público-alvo e o levantamento de dados para que seja possível a criação de uma lista de requisitos e funcionalidades, as quais, após hierarquizadas dão origem ao mapa do aplicativo e ao esboço das telas, denominado wireframe. As percepções dos usuários, vindas do levantamento de dados, auxiliaram na criação gráfica da marca, bem como na escolha dos ícones, tipografia e definição das telas do aplicativo. Ao final deste trabalho é apresentada uma solução visual na qual buscou-se atender os requisitos levantados no decorrer do trabalho, unindo a doação de sangue com a tecnologia, para que, com sua utilização, seja possível criar redes de solidariedade e auxiliar na ampliação do número de doadores.
Many people know that blood donation is an act of solidarity that may save many lives, but they do not do it constantly by forgetfulness or fear. The demand for blood constantly increases due to the natural growth of the population. Even though the government has put effort into the blood donation idea, the aggregation of donators was not able to supply the necessities of blood centers. In this sense, this thesis intended to develop a mobile app to connect blood donators to places that really need blood. I created a theoretical background about blood donation in Brazil to understand the current situation about this issue and to look up information about current technologies, their impacts in social communication and the way that they can improve the current scenario and help more lives with design. Thus, I did a quantitative research through an online form to understand the target public (both donators and non-donators). I also did research on mobile apps about blood donation that already existed in order to make technical questions and to analyze its usability and its flowchart. Using the previously cited analyses, I selected three Brazilian apps, so people could interact with them and show their perceptions about appearance, easiness and internet navigability. So I was able to verify important aspects and create a list of requisites to the project, thus creating maps to make a hierarchy and to divide the app content. The theoretical research, the data collection and the creative process of the thesis were guided by Garret’s (2003) methodology that assumes the definition of the target audience and the data collection to create a list of requirements and functionalities. This list is in hierarchy and it origins the map of the app and also its screen outline, which is called wireframe. Users’ perceptions gathered through data collection helped the graphic creation of the brand, the icon choice, the typography and the definition of app screen. At the end of this thesis, I show a visual solution that aimed to follow the requisites described along the project, which unites blood donation with technology to create solidarity networks and to help increasing the number of donators.
URI: http://hdl.handle.net/10737/1330
Appears in Collections:Design

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
2016AdrianaLemosdaSilva.pdf6,53 MBAdobe PDFThumbnail
View/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons