Use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10737/1457
Title: Balança Comercial de Serviços brasileira: análise e política
Authors: Kappler, Bruna
Keywords: Comércio Exterior;Serviços;Balança Comercial;Estratégia política
Date of Defense: 9-Nov-2016
Issue Date: Jan-2017
Citation: KAPPLER, Bruna. Balança Comercial de Serviços brasileira: análise e política. 2016. Monografia (Graduação em Administração - LFE Comércio Exterior) – Universidade do Vale do Taquari - Univates, Lajeado, 09 nov. 2016. Disponível em: http://hdl.handle.net/10737/1457.
Abstract: O comércio de serviços vem ocupando a cada ano mais espaço no comércio nacional e internacional brasileiro. Diante de mudanças comerciais e crescimento gradativo dos serviços, fez-se necessária uma análise estatística e política relacionada às operações de serviços com o exterior. A estratégia governamental possui relevância para determinar as leis, ferramentas e financiamentos para fomentar o setor, dentre eles, cita-se o acesso a capacitação e retirada de barreiras que dificultam o comércio. Este trabalho teve como objetivo analisar as estatísticas da Balança Comercial de Serviços de 2005 a 2015 e o contexto que influencia seus resultados. Se acrescenta a importância de explicar conceitos políticos como estratégias e acordos comerciais. Para realização da análise, utilizou-se a metodologia de pesquisa historiográfica que se baseia em dados anteriores ao período, análise documental baseada em publicações de órgãos governamentais, como o anuário Panorama de Comércio Exterior de Serviços e a Balança de Pagamentos emitida pelo Banco Central do Brasil, bem como dados bibliográficos extraídos de artigos anteriores de outros autores. A análise de dados foi realizada pelo método quali-quantitativo e busca relacionar dados estatísticos com fatores externos, encontrados no contexto político e de mercado. Percebeu-se que a Balança Comercial de Serviços foi deficitária no período analisado, tendo o maior déficit na conta de alugueis de equipamentos e que o governo vem implantando métodos para aumentar o controle das operações, porém não implantou medidas que facilitem as operações ou removam as barreiras comerciais. Em contrapartida, percebeu-se a importância da especialização e capacitação profissional nos setores de serviços, que apresentou uma conta superavitária em negócios, arquitetura e engenharia.
URI: http://hdl.handle.net/10737/1457
Appears in Collections:Administração - LFE Comércio Exterior

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
2016BrunaKappler.pdf1,33 MBAdobe PDFThumbnail
View/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons