Avaliação da eficiência do sistema de lodos ativados da estação de tratamento de efluentes de uma empresa de batatas chips exposto a diferentes vazões de ar

Imagem em miniatura
Data
2018-10-08
Autores
Fin, William Luis Gerhardt
Título do periódico
ISSN
Título do Volume
Editor
Resumo
As indústrias são grandes contribuintes da alta carga orgânica lançada em recursos hídricos, provenientes de seus processos de fabricação. Por isso, é de suma importância o controle da qualidade do efluente gerado, bem como a responsabilização da empresa geradora. O trabalho avaliou a possibilidade de redução da vazão da aeração do reator de lodos ativados com testes realizados em três situações distintas: com a aeração em 100% da vazão (situação 1), 66% (situação 2) e por fim 33% (situação 3). Para avaliar a efetividade do tratamento nas diferentes condições, além da análise dos parâmetros estabelecidos na legislação, também foram acompanhadas as condições estabelecidas dentro do sistema para o desenvolvimento dos microrganismos necessário ao tratamento. Foram realizados ensaios de Demanda Bioquímica de Oxigênio (DBO); Demanda Química de Oxigênio (DQO); Nitrogênio Total Kjeldahl (NTK); nitrogênio amoniacal; oxigênio dissolvido (OD); temperatura; potencial hidrogeniônico (pH); potencial de oxirredução (ORP); e série de sólidos. Os resultados obtidos foram comparados aos padrões estabelecidos pela legislação vigente, ao projeto original do reator de lodos ativados e às condições descritas nas bibliografias consultadas. Nos três cenários avaliados, os parâmetros estudados atenderam os padrões de lançamento exigidos na legislação. As condições levantadas no estudo apontaram para um superdimensionamento da ETE em relação ao regime atual de geração de efluentes. As condições no interior do reator de lodos ativados e no decantador secundário mostraram-se adequadas na situação 1 e 2. Na situação 3, os valores de OD e ORP apresentaram-se fora da faixa ideal descrita na bibliografia. Não foram registradas variações significativas de biomassa no interior do reator durante as situações criadas. O tratamento apresentou alta eficiência de remoção de NTK, DQO, DBO5 e nitrogênio amoniacal. Na situação 3, verificou-se redução da eficiência de remoção dos parâmetros avaliados no decorrer das coletas. Sendo assim, acredita-se que essa perda de eficiência esteja relacionada as baixas concentrações de OD registradas no reator.
Descrição
Palavras-chave
Lodos ativados, Efluente, Aeração, Aeração prolongada, Oxigênio Dissolvido
Citação
FIN, William Luis Gerhardt. Avaliação da eficiência do sistema de lodos ativados da estação de tratamento de efluentes de uma empresa de batatas chips exposto a diferentes vazões de ar. 2018. Monografia (Graduação em Engenharia Ambiental) – Universidade do Vale do Taquari - Univates, Lajeado, 02 jul. 2018. Disponível em: http://hdl.handle.net/10737/2227.