CARACTERIZAÇÃO E ANÁLISE DOS RESÍDUOS DE EMBALAGENS GERADOS NA PRODUÇÃO DE REFEIÇÕES DE UM HOSPITAL PÚBLICO DE PORTO ALEGRE, RS

Autores

  • Aline Veiga dos Santos
  • Virgílio José Strasburg

DOI:

https://doi.org/10.22410/issn.1983-036X.v23i2a2016.1154

Palavras-chave:

Alimentos, Manejo de resíduos, Unidades de Alimentação e Nutrição.

Resumo

Serviços de alimentação originam muitos resíduos, incluindo embalagens de alimentos, que causam danos ao meio ambiente. Este estudo objetivou quantificar e analisar os resíduos de embalagens na produção de refeições de um hospital público de Porto Alegre, RS. Foram selecionados, pela curva ABC, os alimentos que somaram 90% do consumo de março a junho de 2015. Cinco amostras de embalagens de cada item foram pesadas. Os cálculos foram realizados no programa Microsoft® Office Excel 2010. O total de resíduos gerados foi estimado em 2.710,6kg, sendo 56% de plásticos e 26,8% de metal. Ao diminuir-se o uso especialmente de produtos com embalagens plásticas, que geram as maiores quantidades de resíduos, e reconsiderar-se a oferta de alimentos de baixo valor nutricional, os impactos ambientais negativos observados neste estudo podem ser reduzidos.

Biografia do Autor

Aline Veiga dos Santos

Graduação em Nutrição, Faculdade de Medicina, Universidade Federal do Rio Grande do Sul.

Virgílio José Strasburg

Doutor em Qualidade Ambiental. Professor Adjunto, Departamento Nutrição, Faculdade de Medicina, Universidade Federal do Rio Grande do Sul.

Downloads

Publicado

22-12-2016

Como Citar

VEIGA DOS SANTOS, Aline; STRASBURG, Virgílio José. CARACTERIZAÇÃO E ANÁLISE DOS RESÍDUOS DE EMBALAGENS GERADOS NA PRODUÇÃO DE REFEIÇÕES DE UM HOSPITAL PÚBLICO DE PORTO ALEGRE, RS. Revista Estudo & Debate, [S. l.], v. 23, n. 2, 2016. DOI: 10.22410/issn.1983-036X.v23i2a2016.1154. Disponível em: https://www.univates.br/revistas/index.php/estudoedebate/article/view/1154. Acesso em: 23 jun. 2024.

Edição

Seção

Artigos