ANÁLISE ESTRUTURAL DO MERCADO BRASILEIRO DE PICAPES PEQUENAS

Autores

  • Gabriel de Paula Eduardo Universidade Federal de Sao Carlos
  • Adelson Martins Figueiredo Universidade Federal de Sao Carlos
  • Mariusa Momenti Pitelli Universidade Federal de Sao Carlos

DOI:

https://doi.org/10.22410/issn.1983-036X.v25i2a2018.1584

Resumo

A venda de picapes pequenas no Brasil é altamente concentrada em quatro empresas, em que a Fiat tende a ter a maior participação de mercado, em termos de unidades vendidas. Assim, o objetivo desta pesquisa foi testar a ocorrência de exercício de poder de mercado no segmento de picapes pequenas. O referencial teórico teve como base a teoria da New Empirical Industrial Organization (NEIO) e aplicou-se o modelo econométrico baseado em Berry et al. (1995), um modelo estrutural de demanda e oferta para estimação do equilíbrio de mercado, onde aplica-se um modelo randômico de utilidade para derivar a demanda e assume-se que o logaritmo do custo marginal é linear em relação ao custo dos atributos. Os resultados mostram que o markup médio ponderado do segmento é de cerca 12% e que a estratégia de competição das firmas oscila ao longo do tempo. Portanto, foi possível rejeitar a hipótese nula de que os modelos de competição de Bertrand e de cooperação são indistinguíveis em favor da cooperação em alguns subperíodos.

Biografia do Autor

Gabriel de Paula Eduardo, Universidade Federal de Sao Carlos

Mestre em Economia pela Universidade Federal de Sao Carlos

Adelson Martins Figueiredo, Universidade Federal de Sao Carlos

Doutor e Mestre em Economia Aplicada pela Universidade Federal de Viçosa, Professor da Universidade Federal de Sao Carlos

Mariusa Momenti Pitelli, Universidade Federal de Sao Carlos

Doutora e Mestre em Economia Aplicada pela Universidade de Sao Paulo, Professora da Universidade Federal de Sao Carlos.

Downloads

Publicado

05-09-2018

Como Citar

DE PAULA EDUARDO, Gabriel; MARTINS FIGUEIREDO, Adelson; PITELLI, Mariusa Momenti. ANÁLISE ESTRUTURAL DO MERCADO BRASILEIRO DE PICAPES PEQUENAS. Revista Estudo & Debate, [S. l.], v. 25, n. 2, 2018. DOI: 10.22410/issn.1983-036X.v25i2a2018.1584. Disponível em: https://www.univates.br/revistas/index.php/estudoedebate/article/view/1584. Acesso em: 21 maio. 2024.

Edição

Seção

Artigos