ANÁLISE ESPACIAL DA PRODUTIVIDADE DA MANDIOCA NOS MUNICÍPIOS PARANAENSES NOS ANOS 2009, 2013 E 2017

Autores

  • José Rodrigo Gobi Universidade Estadual de Maringá
  • Raoni Felipe Almeida André Universidade Estadual de Maringá
  • Ednaldo Michellon Universidade Estadual de Maringá

DOI:

https://doi.org/10.22410/issn.1983-036X.v27i3a2020.2527

Palavras-chave:

Fécula, Produtividade da terra, Agricultura Familiar, Paraná

Resumo

O estado do Paraná vem se destacando no cenário nacional em relação à produção de mandioca, pois é o segundo maior produtor da cultura, sendo que em 2017 atingiu 17,4% da produção nacional. Assim, o objetivo desta pesquisa foi analisar o padrão de associação espacial da produtividade da mandioca em relação à terra no estado do Paraná nos anos 2009, 2013 e 2017. Observou-se que a média da produtividade da mandioca está aumentando no estado, mesmo estando concentrada em algumas regiões. A análise espacial permitiu verificar que com o passar do tempo a produtividade se concentra nas regiões Oeste, Noroeste e Norte, por conta da presença das indústrias de farinha e fécula. Nas demais regiões do estado, notou-se a predominância de clusters com baixa produtividade, pois nessas áreas a produção de mandioca tende a ser destinada para o consumo humano ou de animais. Além disso, os resultados da análise bivariada inferem que os dados apresentam autocorrelação espacial temporal, ou seja, o tempo também influencia a estrutura dos dados. Portanto, é importante ressaltar a importância das indústrias de féculas e farinhas nas regiões Oeste, Noroeste e Norte paranaense para o alto nível de produtividade da cultura da mandioca no estado, sendo necessário encontrar mecanismos para aumentar a produtividade nas demais regiões.

Biografia do Autor

José Rodrigo Gobi, Universidade Estadual de Maringá

Doutorando do Programa de Pós-Graduação em Economia na Universidade Estadual de Maringá. Atualmente, suas principais áreas de pesquisa são Economia da Saúde, Economia Regional e Economia do Agronegócio.

Raoni Felipe Almeida André, Universidade Estadual de Maringá

Doutorando do Programa de Pós-Graduação em Ciência Econômicas pela Universidade Estadual de Maringá (PCE/UEM). E-mail: raoni07@hotmail.com.

Ednaldo Michellon, Universidade Estadual de Maringá

Professor Associado ao Programa de Pós-Graduação em Ciências Econômicas da Universidade Estadual de Maringá (PCE/UEM). E-mail: emichellon@uem.br.

Downloads

Publicado

29-09-2020

Como Citar

GOBI, José Rodrigo; ANDRÉ, Raoni Felipe Almeida; MICHELLON, Ednaldo. ANÁLISE ESPACIAL DA PRODUTIVIDADE DA MANDIOCA NOS MUNICÍPIOS PARANAENSES NOS ANOS 2009, 2013 E 2017. Revista Estudo & Debate, [S. l.], v. 27, n. 3, 2020. DOI: 10.22410/issn.1983-036X.v27i3a2020.2527. Disponível em: https://www.univates.br/revistas/index.php/estudoedebate/article/view/2527. Acesso em: 20 maio. 2024.

Edição

Seção

Artigos