RISCOS OCUPACIONAIS DERIVADOS DE POLUIÇÃO AMBIENTAL (RUÍDO) NA ATIVIDADE DE SEIXEIRA E A QUALIDADE DE VIDA DOS TRABALHADORES

Autores

  • Albério Naziazeno Gaspar Monteiro Universidade do Vale do Taquari - Univates
  • Claudete Rempel Universidade do Vale do Taquari – Univates.

DOI:

https://doi.org/10.22410/issn.1983-036X.v28i2a2021.2741

Palavras-chave:

Ruído ocupacional, Saúde do trabalhador, Qualidade de vida, WHOQOL-bref

Resumo

A exposição a níveis elevados de ruído pode causar perdas auditivas irreversíveis, além de outras complicações fisiológicas que podem ser detectadas a longo prazo. Assim, esta pesquisa teve como objetivo descrever o perfil ocupacional de trabalhadores de uma mineradora no nordeste do Estado do Pará, em face da exposição ao ruído no ambiente laboral, bem como analisar a percepção da qualidade de vida desses trabalhadores. Esta pesquisa é do tipo quantitativa e qualitativa, de caráter descritivo. Para entrevistar os funcionários, se utilizou dois tipos de questionários: um semiestruturado para o perfil social; e outro fechado, para investigar a qualidade de vida (WHOQOL-bref), abordando os domínios físico, psicológico, ambiental e social. Ao todo, 26 trabalhadores participaram deste estudo, com predominância do sexo masculino, média de idade entre 34 e 40 anos e baixo nível de escolaridade. Os dados revelaram que as taxas de decibéis detectadas no local ainda não são ideais diante do que a literatura científica sugere como adequadas para preservação da saúde. Quanto à qualidade de vida, os menores escores foram observados para o domínio ambiental, com destaque para as questões relativas à remuneração e a disponibilidade para o lazer. O domínio físico foi o que melhor contribuiu para a qualidade de vida dos trabalhadores. Assim, compreende-se que existem riscos físicos ligados ao barulho no local de estudo, revelando, portanto, a necessidade em se desenvolver outras pesquisas sobre o tema a fim de se obter subsídios para ações voltadas à proteção e promoção da saúde do trabalhador.

Biografia do Autor

Albério Naziazeno Gaspar Monteiro, Universidade do Vale do Taquari - Univates

Engenheiro agrônomo pela Universidade Federal Rural da Amazônia – UFRA. Técnico em Segurança e Saúde do Trabalho pelo Centro Educacional Pan-Americana. Especialista em Engenharia de Segurança do Trabalho pela Faculdade Ideal. Mestrando do Programa de Pós-Graduação em Ambiente e Desenvolvimento da Universidade do Vale do Taquari – Univates.

Claudete Rempel, Universidade do Vale do Taquari – Univates.

Doutora em Ecologia pela UFRGS. Docente da Universidade do Vale do Taquari – Univates.

Downloads

Publicado

12-07-2021

Como Citar

MONTEIRO, Albério Naziazeno Gaspar; REMPEL, Claudete. RISCOS OCUPACIONAIS DERIVADOS DE POLUIÇÃO AMBIENTAL (RUÍDO) NA ATIVIDADE DE SEIXEIRA E A QUALIDADE DE VIDA DOS TRABALHADORES. Revista Estudo & Debate, [S. l.], v. 28, n. 2, 2021. DOI: 10.22410/issn.1983-036X.v28i2a2021.2741. Disponível em: https://www.univates.br/revistas/index.php/estudoedebate/article/view/2741. Acesso em: 23 maio. 2024.

Edição

Seção

Artigos