EVIDÊNCIA DA CURVA DE KUZNETS AMBIENTAL NO BRASIL

Autores

  • Samanda Silva da Rosa Universidade Federal do Rio Grande

DOI:

https://doi.org/10.22410/issn.1983-036X.v29i3a2022.3147

Resumo

O presente artigo tem o objetivo de analisar, através de duas estruturas de dados em painel, a relação entre emissões de gases de efeito estufa e a Curva Ambiental de Kuznets para os 27 estados brasileiros com diferentes níveis de desenvolvimento, tendo como variável dependente a emissão de CO2 equivalente, proveniente do consumo de energia elétrica. Como variáveis explanatórias no primeiro modelo, o PIB per capita, a população, densidade demográfica, o consumo de energia elétrica residencial, comercial, público e industrial. E no segundo modelo, o PIB per capita e a geração de energias renováveis e não renováveis. Observou-se na pesquisa, que a relação entre o PIB per capita e a emissão de CO2 per capita apresenta uma Curva Ambiental de Kuznets na forma de U. Os resultados demonstraram a importância do Brasil para a redução de emissão de CO2 no mundo, além de destacar que o PIB per capita constitui a variável explanatória com menor impacto sobre a emissão de CO2 per capita, e que o impacto ambiental cresce em função do desenvolvimento das economias.

Biografia do Autor

Samanda Silva da Rosa, Universidade Federal do Rio Grande

Possui graduação em Engenharia Agrícola pela Universidade Federal de Pelotas (2011) e Ciências Econômicas pela Universidade Federal do Rio Grande (2016), mestrado em Economia Aplicada pela Universidade Federal do Rio Grande (2018) e Doutorado em Economia do Desenvolvimento pela Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul (2021).

Downloads

Publicado

07-10-2022

Como Citar

ROSA, Samanda Silva da. EVIDÊNCIA DA CURVA DE KUZNETS AMBIENTAL NO BRASIL. Revista Estudo & Debate, [S. l.], v. 29, n. 3, 2022. DOI: 10.22410/issn.1983-036X.v29i3a2022.3147. Disponível em: https://www.univates.br/revistas/index.php/estudoedebate/article/view/3147. Acesso em: 20 maio. 2024.

Edição

Seção

Artigos