IMPACTO DO PROGRAMA BOLSA FAMÍLIA NA EXTREMA POBREZA E POBREZA NO MEIO RURAL E URBANO DAS GRANDES REGIÕES BRASILEIRAS DE ACORDO COM A PNAD CONTÍNUA DE 2019

Autores

  • Luana Hespanhol de Souza Universidade Estadual do Norte Fluminense Darcy Ribeiro - UENF
  • Marlon Gomes Ney Universidade Estadual do Norte Fluminense Darcy Ribeiro

DOI:

https://doi.org/10.22410/issn.1983-036X.v30i2a2023.3285

Palavras-chave:

Políticas Sociais, Pobreza, Extrema Pobreza, Economia

Resumo

O Programa Bolsa Família (PBF) foi criado em 2003 e se tornou a principal política nacional de combate à pobreza até sua substituição, em 2021, pelo Auxílio Brasil. Pensando nas contribuições do PBF nos últimos anos, o artigo tem como objetivo central compreender o papel do programa na redução da extrema pobreza e pobreza através dos dados da Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios Contínua (PNADC) do IBGE, de 2019. Os resultados mostram que o benefício do PBF é muito importante para aqueles que se encontram na extrema pobreza, mas em algumas situações o valor recebido eleva as famílias da linha de extrema pobreza para a linha de pobreza. Não se pode negar as contribuições positivas que o programa alcançou, contudo é necessário pensar em estratégias que possibilitem a permanência dos beneficiários acima das linhas de pobreza e extrema pobreza.

Biografia do Autor

Luana Hespanhol de Souza, Universidade Estadual do Norte Fluminense Darcy Ribeiro - UENF

Doutora em Políticas Sociais pela Universidade Estadual do Norte Fluminense Darcy Ribeiro - UENF (2022); bolsista de pós-doutorado na UENF

Marlon Gomes Ney, Universidade Estadual do Norte Fluminense Darcy Ribeiro

Doutor em Economia Aplicada pela Universidade Estadual de Campinas (2006); professor da Universidade Estadual do Norte Fluminense Darcy Ribeiro

Downloads

Publicado

14-07-2023

Como Citar

HESPANHOL DE SOUZA, Luana; GOMES NEY, Marlon. IMPACTO DO PROGRAMA BOLSA FAMÍLIA NA EXTREMA POBREZA E POBREZA NO MEIO RURAL E URBANO DAS GRANDES REGIÕES BRASILEIRAS DE ACORDO COM A PNAD CONTÍNUA DE 2019. Revista Estudo & Debate, [S. l.], v. 30, n. 2, 2023. DOI: 10.22410/issn.1983-036X.v30i2a2023.3285. Disponível em: https://www.univates.br/revistas/index.php/estudoedebate/article/view/3285. Acesso em: 20 maio. 2024.

Edição

Seção

Artigos