DO ESTADO NEOLIBERAL AO SOCIAL: PARA REPENSAR O PAPEL DO ESTADO DIANTE DA PANDEMIA DA COVID-19

Autores

  • Antônio Alberto Freitas Universidade Federal do Ceará http://orcid.org/0000-0001-8860-4703
  • Maria Alane Pereira de Brito Universidade Federal do Ceará
  • Magda Costa Silva Universidade Federal do Ceará
  • Verônica Salgueiro do Nascimento Universidade Federal do Ceará
  • Suely Salgueiro Chacon

DOI:

https://doi.org/10.22410/issn.1983-036X.v30i2a2023.3359

Palavras-chave:

Pandemia, Neoliberalismo, Estado de Bem-Estar Social

Resumo

A crise desencadeada pela pandemia da Covid-19 atraiu a atenção de países de todos os continentes e tem alterado as relações políticas e econômicas na sociedade, gerando questionamentos sobre o sistema capitalista enquanto sistema social predominante. Desse modo, este estudo teve por objetivo apontar considerações sobre o neoliberalismo e o Estado de Bem-Estar Social nas ações governamentais, propondo reflexões sobre o papel do Estado diante dos impactos causados pela pandemia do coronavírus. Para tal, é utilizada uma pesquisa teórica de exploração bibliográfica com críticas pontuais dos/as autores/as. Neste estudo, considera-se que o papel do Estado, quando amparado no Estado Democrático de Direito, exige inspirações mais próximas do Welfare State, por compreender a formulação de políticas públicas na garantia dos direitos sociais. Além disso, nota-se a fragilidade do modelo neoliberal para países como o Brasil, sendo um modelo que reduz drasticamente a atuação estatal em favor do setor privado e, consequentemente, das desigualdades sociais. Portanto, uma Constituição Cidadã se mostra mais necessária que uma Liberal, evitando bases que se afastam do propósito de uma igualdade de cidadania.

Biografia do Autor

Antônio Alberto Freitas, Universidade Federal do Ceará

Administrador Público (Unilab). Mestrando no Programa de Pós-Graduação em Avaliação de Políticas Públicas pela Universidade Federal do Ceará (PPGAPP/UFC). E-mail: albertofreitas476@gmail.com

Maria Alane Pereira de Brito, Universidade Federal do Ceará

Administradora Pública (UFCA). Mestranda no PPGAPP/UFC. E-mail: alanebrito95@gmail.com

Magda Costa Silva, Universidade Federal do Ceará

Advogada (Unileão). Mestranda no PPGAPP/UFC. E-mail: magdacosta286@gmail.com

Verônica Salgueiro do Nascimento, Universidade Federal do Ceará

Psicóloga, possui doutorado em Educação pela Universidade Federal do Ceará (2009) e Pós-Doutorado no programa de Pós-Graduação em Psicologia na Universidade Federal do Rio de Janeiro (2015). Professora da UFC. E-mail: vesalgueiro@ufc.br

Suely Salgueiro Chacon

Doutora em Desenvolvimento Sustentável (CDS/UnB. Professora da UFC. E-mail: suelychacon@ufc.br

Downloads

Publicado

14-07-2023

Como Citar

FREITAS, Antônio Alberto; PEREIRA DE BRITO, Maria Alane; SILVA, Magda Costa; DO NASCIMENTO, Verônica Salgueiro; CHACON, Suely Salgueiro. DO ESTADO NEOLIBERAL AO SOCIAL: PARA REPENSAR O PAPEL DO ESTADO DIANTE DA PANDEMIA DA COVID-19. Revista Estudo & Debate, [S. l.], v. 30, n. 2, 2023. DOI: 10.22410/issn.1983-036X.v30i2a2023.3359. Disponível em: https://www.univates.br/revistas/index.php/estudoedebate/article/view/3359. Acesso em: 20 maio. 2024.

Edição

Seção

Artigos