Notícias

Provas em época especial recebem alterações
Provas em época especial recebem alterações

Provas em época especial recebem alterações

Os alunos da Univates que deixam de comparecer a uma avaliação ou não entregam material de avaliação na data definida podem solicitar época especial de prova, mediante requerimento de protocolo no Setor de Atendimento ao Aluno, Prédio 9. O prazo máximo para solicitação é de 15 dias, a contar do dia da avaliação.

A partir deste semestre, os acadêmicos pagam a taxa de protocolo no momento da solicitação, que será lançada no valor da mensalidade. Se o requerimento for deferido, a taxa de cada prova solicitada também será cobrada.

Os alunos que passaram por morte de familiar (pais, irmãos, avós, filhos, enteados e cônjuges), comprovado pelo respectivo atestado de óbito; ou que comprovarem por certificado ou atestado que, na data da avaliação, estiveram representando a Univates em evento ficam isentos do pagamento da taxa de prova. Além disso, os estudantes que estiveram em licença saúde ou que tiveram convocação extraordinária de empregador, devidamente comprovadas, ficam com a concessão da isenção da taxa de prova a critério do coordenador do curso.

As provas em época especial serão aplicadas, obrigatoriamente, em forma de prova escrita e individual e no mesmo dia e turno da disciplina envolvida, em sala e local definidos pelo Setor de Atendimento ao Aluno. Em caso de disciplina de 30 horas, a prova será na 9ª semana de aula. Já para disciplinas de 60 horas, a avaliação será realizada na 18ª semana de aula. Para disciplinas de Regime Intensivo de Férias, a data será definida pelo Setor de Atendimento ao Aluno.

Não há possibilidade de remarcação de datas nem de devolução de taxas. Mais informações podem ser obtidas pelo telefone (51) 3714-7010, pelo e-mail
linhadireta@univates.br ou pelo 0800 7 07 08 09.

Texto: Tuane Eggers
 

Professora relata cotidiano no Timor-Leste
Professora relata cotidiano no Timor-Leste

Professora relata cotidiano no Timor-Leste

A professora e socióloga do Centro de Ciências Humanas e Jurídicas (CCHJ) da Univates Shirlei Mendes da Silva foi selecionada para lecionar durante o ano letivo de 2012 na Universidade Nacional de Timor-Leste (UNTL). Ela enviará notícias periódicas das atividades que serão desenvolvidas nesse país.

Professores das áreas de Ciência Política, Sociologia, Português, Matemática, Engenharia, Biologia, Física, Química e Educação Física integrarão o processo de reconstrução identitária do país.

Confira o relato abaixo:

Adaptação ao Timor-Leste

Depois da primeira semana em Díli (Timor-Leste), vou descobrindo a diversidade e os contrastes locais. O fato de ser uma estrangeira tem suas singularidades, claro. Aqui somos os malais (brancos), pois a população, em geral, é descendente de aborígenes com traços muito específicos. O povo tem uma estatura pequena e, culturalmente, assemelha-se aos asiáticos (embora não saiba determinar de qual região da Ásia...).

Meu imaginário sobre o Oriente asiático funciona para catalogar a diversidade local. Aliás, sempre que nos encontramos com o outro, com o diferente, precisamos criar categorias de análise para enquadrá-lo em determinadas situações. Parece que esta é a grande experiência que a Antropologia nos legou: descobrir o outro é descobrir-se a si mesmo, é olhar-se em alguma espécie de espelho cultural, detectar as diferenças e as semelhanças e, a partir daí, entregar-se ao jogo das relações sociais produzidas processualmente (aqui a ideia de processo social é fundamental).

Aqui em Timor este encontro com o outro surpreende, pois desde 1999, quando ocorre a independência do país e o fim da ditadura indonésia, a língua oficial passa a ser o português, mas, para minha surpresa, nas ruas, pouca gente fala o português. Portanto, precisamos aprender o "tétum", a outra língua local usada nacionalmente. Este é o desafio para as próximas semanas...

Desde a semana passada, os professores brasileiros já estão instalados na UNTL. Estou lotada na Faculdade de Ciências Sociais, no curso de Ciência Política. Fui apresentada aos meus colegas timorenses, com quem divido a sala. Poucos falam português. Por isso, é importante o convívio com os brasileiros para incentivar a conversação. Já estou elaborando as ementas das disciplinas do curso, em português. E amanhã começam as aulas. Minha primeira turma será de Introdução à Sociologia. Aos poucos, os alunos vão se aproximando e percebo que eles falam português melhor que alguns professores. Isto ocorre porque foram alfabetizados depois de 2000, quando a língua oficial, votada durante o Plebiscito de 30 de agosto de 1999, foi o português.

Estou estudando a história da ditadura Indonésia em Timor. A violência física e a cultural foram enormes. Desde 1975 os timorenses foram proibidos de falar português e obrigados a falar a língua indonésia, o Bahasa. Aos poucos, percebo que muitos dos meus colegas timorenses estiveram envolvidos na luta pela libertação do Timor. São muitas histórias a contar. Sigo no meu próximo relato.


Shirlei Mendes da Silva
De Díli, Timor-Leste

Simpósio Interdisciplinar de Saúde e Ambiente recebe inscrições de trabalhos
Simpósio Interdisciplinar de Saúde e Ambiente recebe inscrições de trabalhos

Simpósio Interdisciplinar de Saúde e Ambiente recebe inscrições de trabalhos

O II Simpósio Interdisciplinar de Saúde e Ambiente (Sisa) da Univates recebe inscrições de trabalhos científicos até o dia 20 de março. O tema desta edição é "Rede de atenção à saúde: o cuidado nas condições crônicas" e o evento será realizado entre os dias 23 e 25 de abril, juntamente com a VII Semana Interdisciplinar de Saúde.


As inscrições de trabalhos científicos podem ser efetuadas pelo site
www.univates.br/eventos. A apresentação dos trabalhos será condicionada à inscrição no evento, disponibilizada no mesmo site, a partir do dia 1º de março. Os resumos podem ser apresentados nas modalidades "Pesquisa e extensão" (incluindo trabalhos de conclusão de curso) e "Estudo de caso, relato de experiência e ensaios acadêmicos", contendo no mínimo 180 palavras e no máximo 270. Além disso, devem conter de três a cinco palavras-chave e as referências bibliográficas devem seguir as normas da Associação Brasileira de Normas Técnicas (ABNT).

O evento visa a possibilitar a integração entre os cursos da área da saúde e os serviços de saúde; disponibilizar espaço para os estudantes e trabalhadores divulgarem suas produções científicas e experiências de trabalho; fortalecer a formação de estudantes e trabalhadores em saúde direcionada aos princípios e diretrizes do Sistema Único de Saúde (SUS); e estimular o debate sobre as práticas de cuidado.

Mais informações podem ser obtidas pelo site www.univates.br/sisa, pelo telefone (51) 3714-7000, ramal 5454, ou pelo e-mail sisa@univates.br.

Texto: Elise Bozzetto

Site da Univates recebe layout para dispositivos móveis
Site da Univates recebe layout para dispositivos móveis

Site da Univates recebe layout para dispositivos móveis

A partir da próxima quinta-feira, dia 23, o site da Univates (www.univates.br) e o Universo Univates (www.univates.br/universo) recebem versão mobile, que facilita o acesso por dispositivos móveis.

A medida visa a atender a crescente utilização de smartphones e tablets por parte da comunidade acadêmica. O site principal terá a página inicial e as mais acessadas modificadas. Ao longo do ano, mais páginas do portal deverão ter layout adaptado. Já o Universo Univates, portal de acesso exclusivo dos alunos, disponibiliza as três funcionalidades mais acessadas através da plataforma mobile: localização de sala de aula, frequências e notas e situação financeira. Caso o aluno necessitar de outros serviços ou informações do portal ainda não disponibilizados na plataforma mobile, ele poderá acessar o site completo do já conhecido Universo Univates.

Os sistemas foram desenvolvidos pelas equipes do Setor de Marketing e Comunicação e Núcleo de Tecnologia da Informação da Univates.

Rede Wireless recebe novo acesso

A página de login da rede wireless também receberá nova estrutura para facilitar o acesso por dispositivos móveis. Além disso, outra mudança facilita a utilização da rede: a partir de agora, não é necessário cadastrar smartphones e tablets nos laboratórios. O acesso deve ser feito pela mesma tela de login da rede de alunos/professores/visitantes.

Neste semestre, foi feito um aumento do número de pontos de acesso da rede wireless, totalizando cerca de 160. Além disso, a banda de internet da Univates também recebeu um aumento de 72Mb para 92Mb. A partir de março, a banda total será de 170Mb, o que também reflete na velocidade da rede wireless.

Novidade também nos Classificados do Universo Univates

Agora os alunos podem cadastrar, ao anunciar nos Classificados do Universo, até quatro fotos para facilitar a venda/troca/doação. O serviço, que é um dos mais acessados na página, permite que o aluno retire seu anúncio após ter efetuado a venda ou troca.

O site recebe cerca de 250 anúncios mensais. O serviço é gratuito e aberto a alunos e diplomados da Univates.

Texto: Tuane Eggers
 

Univates/Avates abre temporada
Univates/Avates abre temporada

Univates/Avates abre temporada

O time de voleibol feminino da Univates/Avates será apresentado na próxima quarta-feira, dia 22, no auditório do Colégio Martin Luther. Na reunião, às 17h, a comissão técnica deve definir com as atletas os dias e horários semanais de treinamento, bem como as competições do ano.

As equipes disputarão nesta temporada as competições da Federação Gaúcha de Voleibol, como a Copa Porto Alegre, Copa RS e Campeonato Estadual, além de três torneios na Argentina, um no Uruguai, a Taça Paraná, os Jogos Universitários Gaúchos e os Jogos Universitários Brasileiros.

A equipe tetracampeã estadual adulta mudará pouco as caras para este ano. Já renovaram as atletas Nayara, Marina, Daniela, Paula, Francine, Carolzona, Bárbara, Sofia, Aninha, Suélen e Maria. Laurinha, eleita melhor atacante do Campeonato Estadual 2011, ainda está em tratativas para renovação. Gabi e Litiele deverão ser aproveitadas junto as equipes de base.

A novidade para 2012 foi a contratação da central Gabriela. A atacante de 1,88m defendeu a equipe de Chapecó na última temporada e foi vice campeã dos Jogos Brasileiros Universitários. As atletas Paula e Nayara seguem emprestadas à equipe paulista do São Caetano, que disputa a Superliga, e deverão se reapresentar à equipe da Univates/Avates somente em abril, quando termina a competição.

Blog no ar

A Avates conta agora com espaço online
www.avates.blogspot.com para repassar informações sobre os jogos, viagens, eventos e demais atividades relacionadas às equipes de voleibol.

Conquistas em 2011

Na categoria adulto, a Avates foi tricampeã da Liga Gaúcha Universitária; tricampeã dos Jogos Universitários Gaúchos; conquistou o 3° lugar nos Jogos Universitários Brasileiros, sendo a melhor colocação de uma equipe feminina gaúcha na história do evento; foi tetracampeão no Torneio Aberto de Estrela; campeã da Liga Caxiense do Voleibol; levou o 5° lugar na Liga Nacional da região sul; tricampeã do Torneio Internacional de San Jerônimo na Argentina; tetracampeã do Estadual da Federação Gaúcha de voleibol.

Comissão Técnica UNIVATES/AVATES 2012:
Supervisor: Marcelo Sehn
Técnico: João Luís Klein
Auxiliar Técnico: Rodrigo Rother
Assistente Técnico: Luiz Eduardo Dacol
Preparador Físico: Marlon Rafael Bohn
Alunos dos cursos de Mestrado e Doutorado realizam visita à Usina da Eletrobrás
Alunos dos cursos de Mestrado e Doutorado realizam visita à Usina da Eletrobrás

Alunos dos cursos de Mestrado e Doutorado realizam visita à Usina da Eletrobrás

Como parte integrante da disciplina "Energia e Desenvolvimento Sustentável", ministrada pelos professores Odorico Konrad, Simone Stülp e Luis Felipe Silva Oliveira, do
Programa de Pós Graduação em Ambiente e Desenvolvimento, as turmas do mestrado e doutorado realizaram no dia 26 de janeiro uma visita à Companhia de Geração Térmica de Energia Elétrica da Eletrobrás. A Nova Usina Termelétrica Porto Alegre - NUTEPA, do tipo térmica a vapor, está localizada na margem esquerda do rio Gravataí, junto à BR 290, na área metropolitana de Porto Alegre, no estado do Rio Grande do Sul.

De acordo com a direção da companhia, a Usina entrou em operação em 1968 com três unidades de 8 MW cada, totalizando 24 MW. Seus equipamentos utilizam óleo combustível como fonte primária para a geração de energia elétrica.

Os alunos puderam conhecer o processo de geração de energia térmica e se inteirar de questões referentes à Usina. As aulas do regime modular do Programa de Pós Graduação em Ambiente e Desenvolvimento terão continuidade em julho, quando os alunos que frequentam este regime regressam à Univates para dar seguimento às disciplinas dos cursos de Mestrado e Doutorado.
Diplomado apresenta e aprova TCC em simpósio de São Paulo
Diplomado apresenta e aprova TCC em simpósio de São Paulo

Diplomado apresenta e aprova TCC em simpósio de São Paulo

O diplomado do curso de
Análise de Sistemas da Univates Gabriel Machado Braido apresentou seu Trabalho de Conclusão de Curso (TCC) no XIV Simpósio de Administração da Produção, Logística e Operações Internacionais (Simpoi), que ocorreu em agosto, em São Paulo. O trabalho, intitulado "Otimização da cadeia logística: estudo de caso em uma pequena empresa varejista de autopeças", obteve aprovação e foi publicado nos anais do evento.

Conforme o aluno, o objetivo geral do trabalho consistiu em analisar a gestão logística de uma pequena empresa varejista de autopeças da região, na qual trabalhava na época, e propor melhorias com base em conceitos de gestão da informação e tecnologia da informação aplicados à logística, visando assim à sua otimização.

O trabalho, que teve a orientação da professora doutora Cristina Dai Prá Martens, foi defendido no segundo semestre de 2009 e, logo após, seguindo sugestão da professora, Gabriel escreveu o artigo "A Gestão Logística em uma empresa varejista de autopeças: proposição de melhorias com base em conceitos de Tecnologia da Informação e Gestão da Informação", para ser submetido a um congresso. "Ao aprovar o trabalho no SIMPOI, recebemos um parecer com sugestão de melhorias dos avaliadores, que nos auxiliaram na construção do artigo que foi aprovado para publicação na Revista Eletrônica de Ciência Administrativa - RECADM", explica.

Para Gabriel, esse reconhecimento é de extrema importância para o curso de Análise de Sistemas. "Essas publicações são reflexo da qualidade do curso oferecido pela Univates e do comprometimento e dedicação dos orientadores de TCC", destaca.

Texto: Suzane Luíse Pereira