METODOLOGIAS ATIVAS DE ENSINO NA SALA DE AULA: UM OLHAR DE DOCENTES DA EDUCAÇÃO PROFISSIONAL TÉCNICA DE NÍVEL MÉDIO

Aline Diesel, Michele Roos Marchesan, Silvana Neumann Martins

Resumo


Este artigo teve sua gênese durante a realização da oficina “Metodologias ativas de ensino na sala de aula”. O estudo pretendeu averiguar a percepção de oito professores da Educação Profissional Técnica de Nível Médio sobre o uso de estratégias de ensino norteadas por metodologias ativas. A matriz metodológica neste trabalho de investigação é de abordagem qualitativa, em que se utilizou como instrumento de coleta de dados questionário composto por sete questões abertas. Os dados coletados foram analisados a partir da técnica da análise de conteúdo, proposta por Bardin (2012). O referencial teórico que suporta esta investigação está ancorado em Berbel (2011), Moreira (2011), Masetto (2013), Moran (2015), entre outros autores. Com este estudo, averiguou-se que as metodologias ativas de ensino já fazem parte da prática pedagógica dos professores entrevistados, embora muitos não conhecessem a nomenclatura. Mesmo assim, após participarem da oficina, os docentes sentiram-se motivados a utilizar algumas estratégias, norteadas pelo método ativo, que ainda não conheciam.

Palavras-chave


Estratégias de ensino. Metodologias ativas de Ensino. Educação Profissional Técnica de Nível Médio. Capacitação de Professores.

Texto completo:

PDF


Direitos autorais 2017 Aline Diesel, Michele Roos Marchesan, Silvana Neumann Martins

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - NãoComercial 4.0 Internacional.

Tradução automática: