Use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10737/1326
Title: A inversão do antagonismo nos filmes de horror: uma análise dos slasher movies sob a ótica dos vilões Jason Vorhees e Freddy Krueger
Authors: Rocha, Murillo Klein
Keywords: Cinema;Filmes de horror;Slasher;Heróis;Vilões;Antagonismo;Freddy Krueger;Jason Vorhees
Date of Defense: 28-Jun-2016
Issue Date: Jan-2017
Citation: ROCHA, Murillo Klein. A inversão do antagonismo nos filmes de horror: uma análise dos slasher movies sob a ótica dos vilões Jason Vorhees e Freddy Krueger. 2016. Artigo (Graduação) – Curso de Comunicação Social com Habilitação em Publicidade e Propaganda, Universidade do Vale do Taquari - Univates, Lajeado, 28 jun. 2016. Disponível em: http://hdl.handle.net/10737/1326.
Abstract: O medo é um sentimento presente no individuo desde o início dos tempos, e representado pela arte das mais diversas formas, entre elas o cinema. Filmes de horror existem desde as primeiras experiências cinematográficas de Georges Méliès, e os filmes de horror slasher aparecem entre os subgêneros do horror, como os mais bem sucedidos na relação custo-benefício, e se caracterizam por vilões marcantes. Este estudo analisa os vilões Freddy Krueger e Jason Vorhees dos filmes A hora do pesadelo e Sexta-feira 13, respectivamente, para estabelecer o destaque deles em detrimento do destaque dado aos heróis/mocinho nesse subgênero cinematográfico, o que acaba por gerar uma inversão na relação de protagonismo e antagonismo, e eternizando os personagens dos vilões. Verificou-se a falta de credibilidade do herói, e a sedução que poder dos vilões exerce como pontos principais para essa inversão.
Fear is a present feeling on individuals since the beginning of times, and has been represented through art in the most diverse forms, including cinema. Horror movies exist since George Méliès first cinematographic experiences, and slasher movies are, between horror subgenres, the most successful in the cost-benefit relation, characterized by pungent villains. This study analyzes the villains Freddy Krueger and Jason Vorhees, from the movies A Nightmare on Elm Street and Friday the 13th, respectively, to establish their significance over the significance of the hero/good guy in this cinematographic subgenre. This generates an inversion in the protagonism and antagonism relationships, immortalizing the villain characters. A lack of credibility of the heroes was verified, as well as the seduction the villain’s power exerts as the main reasons for this inversion.
URI: http://hdl.handle.net/10737/1326
Appears in Collections:Comunicação Social com Habilitação em Publicidade e Propaganda

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
2016MurilloKleinRocha.pdf123,88 kBAdobe PDFThumbnail
View/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons