Use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10737/214
Title: Construindo e (re)construindo conhecimentos de trigonometria com utilização de recursos tecnológicos em um curso pré-vestibular
Authors: Jucoski, Andre Luiz  Lattes
Keywords: Aprendizagem;Trigonometria;Cursos Pré-Vestibulares;Tecnologias de Comunicação e Informação
Date of Defense: 26-Feb-2011
Issue Date: 8-Jun-2011
Citation: JUCOSKI, Andre Luiz. "Construindo e (re)construindo conhecimentos de trigonometria com utilização de recursos tecnológicos em um curso pré-vestibular". 2011. Dissertação (Mestrado) – Curso de Ensino de Ciências Exatas, Universidade do Vale do Taquari - Univates, Lajeado, 26 fev. 2011. Disponível em: <http://hdl.handle.net/10737/214>.
Abstract: O estudo desenvolvido teve como objetivo principal identificar os avanços na aprendizagem de conteúdos de trigonometria - de alunos egressos do ensino médio - com a utilização de recursos tecnológicos em um curso pré-vestibular. Para alcançar essa meta principal, buscou-se também reconhecer e identificar as principais dificuldades oriundas do ensino médio na aprendizagem da Trigonometria e acompanhar a (re)construção das aprendizagens de conteúdos trigonométricos realizadas pelos alunos, através da utilização de recursos tecnológicos de informação e de comunicação como ferramentas auxiliares nos processos de ensino e aprendizagem de matemática. Objetivou-se igualmente explanar a impressão dos alunos quanto à importância da aprendizagem em relação às novas tecnologias e realizar uma análise comparativa entre os avanços do grupo de egressos do ensino público e o grupo de egressos do ensino privado. O estudo tem caráter experimental, descritivo, qualitativo e quantitativo. A amostra foi composta de 24 alunos, 13 oriundos do ensino público e 11 oriundos do ensino privado. Esses estudantes foram avaliados antes e depois da intervenção pedagógica com o uso de novas tecnologias, bem como foram indagados sobre a importância desse uso. Noventa e oito porcento dos participantes julgaram ser importante o uso das novas tecnologias. Nesse contexto, com vista na elucidação do embasamento teórico utilizado na pesquisa, no que se refere a aprendizagem, valeu-se do pensamento de Vygotsky e, no que se refere ao uso de tecnologias, dentre outros autores, salienta-se Papert e Valente. As contribuições desses estudos são relevantes, pois mostram que se conseguiu melhorar o desempenho dos alunos com a utilização das novas tecnologias em aulas de matemática, mesmo com estudantes que nunca as utilizaram. Demonstrou-se, também, que o computador não é mero instrumento de aprendizado, e sim um intermediador para a construção da aprendizagem, além de demonstrar que o cursinho, nessa esfera da educação, pode fazer com que o aluno aprenda, apesar do pouco tempo que os estudantes nele permanecem. Como conclusão desse estudo, tem-se a gratificação por parte do pesquisador em inovar suas aulas e ter proporcionado aos alunos um aprendizado significativo quantitativamente e qualitativamente, o que foi constatado por meio de análise estatística e através de relatos dos próprios aprendizes, os quais se sentiram mais motivados e com vontade de aprender. Portanto, sugere-se a utilização de novas metodologias de ensino na área da matemática, uma vez que estas proporcionam vantagens no desenvolvimento cognitivo dos alunos na área da matemática.
URI: http://hdl.handle.net/10737/214
Appears in Collections:Ensino de Ciências Exatas

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
AndreJucoski.pdf2,01 MBAdobe PDFThumbnail
View/Open


Items in BDU are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.