Use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10737/278
Title: Jogo roletrando dos inteiros: uma abordagem dos números inteiros na 6a série do Ensino Fundamental
Authors: Liell, Cláudio Cristiano  Lattes
Keywords: Números inteiros;Roletrando dos Inteiros;Ensino Fundamental;Aprendizagem
Date of Defense: 29-Feb-2012
Issue Date: 14-Sep-2012
Citation: LIELL, Cláudio Cristiano. "Jogo roletrando dos inteiros: uma abordagem dos números inteiros na 6a série do Ensino Fundamental". 2012. Dissertação (Mestrado) – Curso de Ensino de Ciências Exatas, Universidade do Vale do Taquari - Univates, Lajeado, 29 fev. 2012. Disponível em: <http://hdl.handle.net/10737/278>.
Abstract: O presente estudo, de caráter quanti-qualitativo, analisa uma experiência com o jogo matemático Roletrando dos Inteiros como estratégia desencadeadora do processo de ensino-aprendizagem. Propõe-se a verificar se a aplicação de atividades matemáticas utilizando esse jogo contribui para a aprendizagem da noção de números inteiros e das operações básicas desse conjunto numérico. A pesquisa foi realizada em duas turmas de 6a série do Ensino Fundamental de duas escolas de São Sebastião do Caí, RS. Em uma turma houve a intervenção de jogos do Roletrando dos Inteiros para o estudo dos números inteiros e na outra, explorou-se o tema como é regularmente trabalhado nas escolas, ou seja, através da explicação do professor, cópia por parte dos alunos e listas de exercícios apresentadas no quadro ou fotocopiadas. Entre os aportes teóricos que sustentam esta pesquisa, salienta-se o pensamento de Bacury (2009); Groenwald e Timm (2010); Lara (2003); Smole, Diniz e Milani (2007); Starepravo (2009) e Kischimoto (1998), além das considerações dos PCNs (Brasil, 1998). De acordo com as análises realizadas, ficou evidenciado que: a) nas aulas com jogos, os alunos são ativos e partícipes da construção de conhecimento, ou seja, formulam hipóteses e deduzem regras para as operações com números inteiros; b) os registros feitos em aula e os testes aplicados indicaram melhoria na aprendizagem dos alunos que trabalharam com jogos; c) de maneira informal, em eventos realizados, a metodologia do jogo Roletrando despertou o interesse de outros professores; d) os jogos tornaram a Matemática mais atraente, divertida e interessante para o aluno; e) as aulas com jogos melhoraram o conviver social dos alunos, pois, ao respeitarem as regras e as normas pré-estabelecidas para cada jogo, transferiram essa conduta para a sala de aula.
URI: http://hdl.handle.net/10737/278
Appears in Collections:Ensino de Ciências Exatas

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
ClaudioLiell.pdf4,23 MBAdobe PDFThumbnail
View/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons