Use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10737/3028
Title: Avaliação das propriedades físicas e mecânicas de concretos produzidos com agregado graúdo de resíduo de construção e demolição
Authors: Beneduzi, Anna Laura Dalmolin
Keywords: Resíduos de construção;Agregado graúdo reciclado;Concreto
Date of Defense: 3-Dec-2020
Issue Date: Dec-2020
Citation: BENEDUZI, Anna Laura Dalmolin. Avaliação das propriedades físicas e mecânicas de concretos produzidos com agregado graúdo de resíduo de construção e demolição. 2020. Monografia (Graduação em Engenharia Civil) – Universidade do Vale do Taquari - Univates, Lajeado, 03 dez. 2020. Disponível em: http://hdl.handle.net/10737/3028.
Abstract: A construção civil é o setor que mais gera resíduos no mundo, entre eles os produzidos em construções e demolições. Com o passar dos anos, técnicas vêm sendo implementadas na reciclagem desses materiais, a fim de reduzir os impactos ambientais. O concreto, por exemplo, pode passar por um processo de britagem e substituir os agregados graúdos naturais (AGN) em novas misturas de concreto, porém, em todas as aplicações, ensaios devem ser realizados para validar a aplicabilidade. Essa monografia tem como objetivo avaliar a influência de agregados reciclados de concreto nas propriedades físicas e mecânicas de novos concretos. Para isso, foi construída curva de dosagem através do método IPT/EPUSP, com três traços referências, um rico (1:3,5), um intermediário (1:5,0) e um pobre (1:6,5). A partir da curva de dosagem, definiu-se dois traços para resistências características de 25 MPa e 30 MPa, e para cada uma delas foram desenvolvidos traço sem substituição (TRRF), com 50% de substituição (TR50) e 100% de substituição (TR100) do AGN pelo agregado graúdo reciclado de concreto (AGRC), totalizando seis traços. Antes das misturas foram realizados ensaios de caracterização do cimento, da areia média, do AGN e do AGRC, com o intuito de determinar as propriedades dos materiais e, principalmente, para avaliar as diferenças entre os agregados graúdos. Entre essas propriedades, o aumento da taxa de absorção do AGRC pôde ser corrigido através do método de pré-molhagem, e a menor massa específica do mesmo influenciou no aumento da massa de agregado reciclado utilizado nas misturas com substituição. Para moldagem dos traços, definiu-se a relação a/c e o abatimento como constantes, sendo a fluidez da mistura corrigida com aditivo plastificante, quando necessário. Os traços de concreto foram avaliados quanto a ensaios de massa específica, de resistência à compressão axial, de absorção e índice de vazios, de absorção de água por capilaridade e de módulo de elasticidade. Os resultados podem ser resumidos em aumento do slump, das taxas de absorção e do índice de vazios, e redução na massa específica, na resistência à compressão e no módulo de elasticidade conforme o aumento do teor de substituição dos traços. Os maiores influenciadores foram o aumento da porosidade e das zonas de transição presentes nos AGRC quando comparados aos AGN. Ainda que com variações nos resultados, as propriedades dos AGRC tornam este material viável na produção de novos concretos convencionais pois apresentaram resultados satisfatórios no estado fresco e endurecido.
URI: http://hdl.handle.net/10737/3028
Appears in Collections:Engenharia Civil

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
2020AnnaLauraDalmolinBeneduzi.pdf2,08 MBAdobe PDFThumbnail
View/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons