Use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10737/3069
Title: Avaliação da eficiência de processo oxidativo avançado, através da injeção de ozônio, na remediação da área contaminada por gasolina.
Authors: Ebeling, Jonas
Keywords: remediação;ozônio;gasolina
Date of Defense: 26-Nov-2020
Issue Date: Nov-2020
Citation: EBELING, Jonas. Avaliação da eficiência de processo oxidativo avançado, através da injeção de ozônio, na remediação da área contaminada por gasolina.. 2020. Monografia (Graduação em Engenharia Química) – Universidade do Vale do Taquari - Univates, Lajeado, 26 nov. 2020. Disponível em: http://hdl.handle.net/10737/3069.
Abstract: O aumento de casos de contaminação da água e do solo pelos petroderivados e a alta toxicidade destes produtos tornou imprescindível o desenvolvimento de técnicas, visando a atenuação do impacto ambiental. Dentre os diversos processos disponíveis para a remediação de sítios contaminados com hidrocarbonetos, os que utilizam oxidantes químicos se tornam os mais promissores, eficientes e rápidos para estabelecimento das concentrações de contaminantes em níveis aceitáveis perante as normativas vigentes. O presente trabalho teve como objetivo avaliar a eficiência do processo de remediação, através da técnica de injeção direta de Ozônio, em poços de monitoramento de posto revendedor com histórico de contaminação por Gasolina, durante o período de junho a outubro de 2020. Para verificação da eficiência do processo de ozonização, foram realizadas amostragens de água subterrânea nos pontos com maior concentração de benzeno verificada durante o monitoramento ambiental realizado em Janeiro de 2020 (PM01, PM03, PM13, PM16, PM21 e PM23), a cada 90 dias, tendo como finalidade a avaliação dos índices de Benzeno, Tolueno, Xileno e Etilbenzeno – série BTXE, presentes na água subterrânea contaminada e também avaliados in-situ, dados do comportamento do nível freático local e pH a cada 15 dias e a quantidade de oxidante dissolvido na água mensalmente. Como resultados dos trabalhos foram verificas reduções nas concentrações de Benzeno variando entre 79-100%, na de Tolueno (entre 80-100%), na de Etilbenzeno (entre 85-100%) e na de Xileno (entre 79-100%). Conclui-se desta forma que o processo operacional através da injeção de ozônio mostrou-se efetivo para mineralização dos compostos contaminantes da série BTXE, durante o período avaliado.
URI: http://hdl.handle.net/10737/3069
Appears in Collections:Engenharia Química

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
2020JonasEbeling.pdf1,5 MBAdobe PDFThumbnail
View/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons