Use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10737/3123
Title: ELO: introduzindo a cultura indígena no contexto urbano
Other Titles: ELO
Authors: Possamai, Eduardo Felipe
Keywords: Cultura indígena;Kaingang;Ligação cultural;Projeto cultural;Inserção cultural;Indigenous culture;Cultural connection;Cultural project;Cultural insertion
Date of Defense: 2-Jul-2019
Issue Date: Nov-2018
Citation: POSSAMAI, Eduardo Felipe. ELO: introduzindo a cultura indígena no contexto urbano. 2019. Monografia (Graduação) – Curso de Arquitetura e Urbanismo, Universidade do Vale do Taquari - Univates, Lajeado, 02 jul. 2019. Disponível em: http://hdl.handle.net/10737/3123.
Abstract: A cultura indígena Kaingang faz parte da história do estado do Rio Grande do Sul. Sua ocupação no Vale do Taquari deu-se antes da chegada dos colonizadores, estabelecendo um vínculo cosmológico em suas localizações atuais. Entretanto, as condições existentes nos aldeamentos fizeram com que migrassem em direção aos centros urbanos. Estas inserções, em muitos casos, ocorreram de forma precipitada e sem as condições necessárias, gerando ocupações irregulares e resultando em conflitos sociais com a comunidade não indígena, perdurarando ao longo do tempo e resultando num pré-conceito e intolerância. Dentro deste contexto é proposto o Elo: A forma de ligação encontrada para aproximar a cultura Kaingang da comunidade local. Dividido em dois núcleos, um no centro e outro na Terra Indígena Foxá, ambos na cidade de Lajeado, objetivam criar um elo entre as culturas, a fim de gerar uma convivência adequada e harmoniosa. Inseridos com programas distintos, estes núcleos possuirão um caráter paisagístico e arquitetônico, de forma que suas edificações propiciem ambientes de tranquilidade, democracia e liberdade para o convívio e aproximação cultural.
The Kaingang indigenous culture is part of the history of the state of Rio Grande do Sul. Its occupation in the Taquari Valley occurred before the arrival of the settlers, establishing a cosmological link in their current locations. However, the conditions in the villages caused them to migrate towards urban centers. These insertions, in many cases, occurred precipitously and without the necessary conditions, generating irregular occupations and resulting in social conflicts with the non-indigenous community. These conflicts have persisted over time, resulting in a preconception and intolerance. Within this context the Elo: The form of connection found to approach the Kaingang culture of the local community is proposed. Divided into two nuclei, one in the center and the other in the Foxa Indigenous Land, both in the city of Lajeado, aim to create a link between cultures, in order to generate an adequate and harmonious coexistence. Inserted with distinct programs, these nuclei will have a landscape and architectural character, so that their buildings provide environments of tranquility, democracy and freedom for the conviviality and cultural approach.
URI: http://hdl.handle.net/10737/3123
Appears in Collections:Arquitetura e Urbanismo

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
2018EduardoFelipePossamaiTCCI.pdf19,83 MBAdobe PDFThumbnail
View/Open
2019EduardoFelipePossamaiTCCII.pdf75,67 MBAdobe PDFThumbnail
View/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons