A comunidade ribeirinha Santo Antônio do Rio Morais/Amazônia: história e território

dc.contributor.advisor1Laroque, Luís Fernando da Silva
dc.contributor.advisor1Latteshttp://lattes.cnpq.br/6550642682865922pt_BR
dc.contributor.referee1Pinheiro, Fernanda Storck
dc.contributor.referee1Mourad, Leonice de Fátima Alves Pereira
dc.contributor.referee1Trombini, Janaíne
dc.creatorRamos, Messias Barbosa
dc.creator.latteshttp://lattes.cnpq.br/2295153270669115pt_BR
dc.date.accessioned2022-07-11T19:51:55Z
dc.date.available2022-07-11T19:51:55Z
dc.date.issued2022-02
dc.date.submitted2022-03-28
dc.description.abstractO presente estudo com o título A Comunidade ribeirinha Santo Antônio do Rio Morais/Amazônia: história e território, ocorre a partir das relações ribeirinhas com o ambiente e a produção do seu território desde a sua fundação, em 1978, até o tempo presente, 2021, perfazendo pouco mais de 40 anos. Localizada na zona rural do município de Maués/Am, latitude 3°24’05”S e longitude 57°40’11”W, a 5,5 km distante do centro da cidade, o objeto da pesquisa é constituído por 56 famílias totalizando 380 moradores. Os problemas norteadores da pesquisa são: a) Como a comunidade Santo Antônio do Rio Morais foi criada? b) Que motivações levaram a isto? c) Como era a paisagem do local antes e como mudou ao longo dos quarenta e dois anos de existência do lugar? d) Quais sãos as festividades, o que teve continuidade e o que foi transformado? e) Qual é a relação do ribeirinho com a natureza, suas percepções sobre o ambiente onde vive? O objetivo geral da investigação consiste em entender a formação da Comunidade Santo Antônio do Rio Morais e suas mudanças ao longo da história, desde sua fundação pela igreja católica em 1978 até 2021, considerando suas origens e a relação de seus moradores com o ambiente. Como metodologia trata-se de um estudo de caso alinhado a pesquisa qualitativa, de caráter exploratório e natureza descritiva. Dentre os procedimentos metodológicos, destaca-se a revisão bibliográfica, a pesquisa documental e pesquisa de campo com a aplicação de entrevistas semiestruturadas, história oral e diário de campo. Como resultado aponta-se a descrição da história e da formação do território da comunidade, as transformações ocorridas ao longo do tempo, assim como as mudanças na paisagem, a cultura e as reatualizações culturais como dinâmicas sociais importantes para a permanência do ribeirinho em seu ambiente. Ao final se discute possibilidades de enfrentamento de desafios futuros com soluções voltadas ao desenvolvimento de tecnologias socias, a exploração sustentável dos recursos naturais através do ecoturismo e da organização social para beneficiar os comunitários.pt_BR
dc.description.abstractThe present study with the title The Community riparian Santo Antonio do Rio Morais/Amazon: history and territory, occurs from the riparian relations with the environment and the production of its territory since its founding in 1978, until the present time, 2021, making a little over 40 years. Located in the rural area of Maués/Am, latitude 3°24'05 "S and longitude 57°40'11 "W, 5.5 km from the city center, the object of the research consists of 56 families totaling 380 residents. The guiding problems of the research are: a) How was the Santo Antônio do Rio Morais community created? b) What motivations led to this? c) What was the landscape of the place like before and how did it change over the forty-two years of existence of the place? d) What are the festivities, what has continued and what has been transformed? e) What is the relationship of the riverside dweller with nature, his perceptions of the environment where he lives? The general objective of the investigation is to understand the formation of the Santo Antônio do Rio Morais Community and its changes throughout history, since its foundation by the Catholic Church in 1978 until 2021, considering its origins and the relationship of its residents with the environment. As methodology, this is a case study aligned with qualitative research, of exploratory character and descriptive nature. Among the methodological procedures, we highlight the bibliographic review, the documentary research and field research with the application of semi-structured interviews, oral history and field diary. As a result, the description of the history and formation of the territory of the community, the transformations that have occurred over time, as well as changes in the landscape, culture, and cultural re-updating are important social dynamics for the permanence of the riverside dweller in his environment. At the end, we discuss possibilities of facing future challenges with solutions focused on the development of social technologies, the sustainable exploitation of natural resources through ecotourism and social organization to benefit the community.pt_BR
dc.identifier.citationRAMOS, Messias Barbosa. A comunidade ribeirinha Santo Antônio do Rio Morais/Amazônia: história e território. 2022. Monografia (Doutorado) – Curso de Ambiente e Desenvolvimento, Universidade do Vale do Taquari - Univates, Lajeado, 28 mar. 2022. Disponível em: http://hdl.handle.net/10737/3396. pt_BR
dc.identifier.urihttp://hdl.handle.net/10737/3396
dc.language.isopt_BRpt_BR
dc.publisher.programPPGAD;Ambiente e Desenvolvimentopt_BR
dc.rightsopenAccesspt_BR
dc.subjectPopulação tradicionalpt_BR
dc.subjectComunidade ribeirinhapt_BR
dc.subjectSanto Antônio do Rio Moraispt_BR
dc.subjectTerritóriopt_BR
dc.subjectCulturapt_BR
dc.subjectTraditional populationpt_BR
dc.subjectRiverside communitypt_BR
dc.subjectSaint Anthony of River Moraispt_BR
dc.subjectTerritorypt_BR
dc.subjectCulturept_BR
dc.subject.cnpqCBpt_BR
dc.titleA comunidade ribeirinha Santo Antônio do Rio Morais/Amazônia: história e territóriopt_BR
dc.typedoctoralThesispt_BR
Arquivos
Pacote original
Agora exibindo 1 - 1 de 1
Imagem em miniatura
Nome:
2022MessiasBarbosaRamos.pdf
Tamanho:
2.57 MB
Formato:
Adobe Portable Document Format
Descrição:
Pacote de licença
Agora exibindo 1 - 1 de 1
Nenhuma miniatura disponível
Nome:
license.txt
Tamanho:
4.49 KB
Formato:
Item-specific license agreed upon to submission
Descrição: