Queremos ouvir sua opinião. Participe!

Acompanhar cada detalhe de uma instituição com área de mais de 61 mil m2 e compreender as demandas de mais de 13 mil alunos, 500 professores e outros 500 funcionários técnico-administrativos, além de estagiários e bolsistas, são desafios diários. Para isso, existem mecanismos que facilitam a comunicação, seja para reforçar uma ação positiva, sugerir mudanças, reivindicar coisas novas ou criticar aquilo que não está bom.

A Avaliação Discente e Docente é uma dessas ferramentas para aproximar ainda mais os acadêmicos da Instituição, captando suas percepções e opiniões a respeito daquilo que os cerca no dia a dia no câmpus.

Por isso, não deixe de dar sua opinião, de 4 de maio a 7 de junho, quando você pode avaliar a IES, respondendo ao formulário por meio do link www.univates.br/avaliacao. Disponibilize alguns minutos de seu tempo e contribua para a melhoria contínua da Univates. Opine. Posicione-se. Avalie.

Você sabe como funciona o processo de avaliação?

A responsabilidade pela coordenação de todo o processo compete à Comissão Própria de Avaliação (CPA), formada por professores, um aluno indicado pelo Diretório Central de Estudantes (DCE) e representantes da comunidade externa. Após o preenchimento da avaliação por parte dos estudantes e o tratamento dos dados, são gerados os relatórios dos professores, dos coordenadores de curso, dos diretores de Centro e da Reitoria. Todas as questões abertas são lidas e tabuladas a fim de agrupar as citações em categorias, as quais originam os tópicos que você pode conferir a seguir.

Os professores recebem relatório individual de suas disciplinas, os coordenadores recebem de todas as disciplinas do seu curso, os diretores recebem de todos os cursos do seu Centro e a Reitoria recebe relatório de todos os cursos, professores e demais dados relativos a infraestrutura e serviços. A cada semestre é realizada reunião entre Reitoria, diretores de Centro e alunos representantes de turmas para apresentação dos resultados e de ações e propostas para solução de problemas e implementação de sugestões de melhoria.

A coordenadora da CPA, professora Claudete Rempel, considera que o processo de avaliação discente e docente produz dados importantíssimos para o planejamento estratégico da Instituição. “A partir dos dados coletados de alunos, professores e funcionários, podemos estabelecer ações e metas para aprimorar nossos processos. Por isso, convido você a participar do processo de avaliação, dando retorno das ações boas e que devem ser continuadas e daquelas que podemos e devemos melhorar”, explica Claudete.

Claudete
Mudanças realizadas a partir da Autoavaliação Institucional

Diversas melhorias são realizadas a partir do que é apontado na Autoavaliação Institucional. Um exemplo é a reestruturação do Laboratório de Fisiologia do Exercício, solicitada especialmente pelos acadêmicos do curso de Educação Física (bacharelado/licenciatura), assim como a contratação de mais professores biomédicos para o curso de Biomedicina. Já o curso de Letras promoveu a atualização do seu projeto pedagógico antecipando algumas disciplinas de estágio para os primeiros semestres do curso, atendendo à solicitação de alunos e egressos. Medida semelhante foi implantada pelo curso de Psicologia, com a criação das disciplinas de Prática Investigativa I e II, para serem ofertadas no início do curso.

No que se relaciona à infraestrutura, muitas foram as ações implementadas com base nos dados da Autoavaliação: qualificação da rede wireless, criação das salas temáticas e ampliação das paradas de ônibus. Outro exemplo é a ampliação do horário de atendimento da Biblioteca, que se estendeu para sábado à tarde.

Questões pontuais

Diversas questões que surgiram na Autoavaliação Institucional são bem pontuais, como aprimorar a semana acadêmica ou sobre a oferta de uma disciplina específica nos cursos de graduação. Embora a coordenação de curso receba relatório completo com sugestões, dúvidas e reclamações apresentadas pelos alunos do curso, a recomendação é que esses assuntos sejam tratados diretamente com a coordenação. Para questões pontuais em relação à Instituição, elogios, reclamações e sugestões, pode-se entrar em contato com a Ouvidoria, que tem como objetivo encaminhar da melhor forma as demandas a ela direcionadas. Destaca-se que a Ouvidora mantém em sigilo a identidade daqueles que a procuram. O contato pode ser realizado pelo e-mail ouvidoria@univates.br.

Questões sobre infraestrutura e trânsito no câmpus

Aumento no número de vagas e coberturas para motos

Nos últimos semestres, mais vagas de estacionamentos foram disponibilizadas. O número atual de vagas para carros é de 1.985, para motos é de 710, para pessoas com deficiência é de 35, para ônibus é de 49 e para autolotações é de 53. A Univates considera que as vagas oferecidas são suficientes para todos os automóveis e motos, e todas contam com iluminação e serviço de vigilância.

Em alguns locais dos estacionamentos sobram vagas constantemente – exemplos são ao lado do Prédio 1 e atrás do Complexo Esportivo. As vagas disponibilizadas em frente aos prédios são mais concorridas e, por isso, podem ser mais difíceis de conseguir.

No ano passado, foram feitas coberturas em todas as vagas para pessoas com deficiência. Além disso, a Univates compreende a necessidade das coberturas nos estacionamentos de motos.

Cobrança de estacionamento

A cobrança do estacionamento tende a melhorar o atendimento e facilitar o trânsito interno. A coordenação do sistema é feita pela empresa Estapar e a Univates não arrecada lucros.

Para facilitar a rotina dos frequentadores do câmpus, a Estapar disponibiliza um aplicativo que indica os locais com vagas desocupadas conforme o prédio de destino, além de outros benefícios. Entre as vantagens para o usuário estão: o controle de acesso automatizado e informatizado; cobertura de seguro para roubo, furto e colisão, garantindo o patrimônio dos usuários; serviços de primeiros socorros mecânicos, como carga de bateria, troca de pneu e combustível; e o monitoramento de 100% dos acessos com gravação digital, tanto para auxiliar na vistoria prévia dos veículos como em caso de ocorrência de sinistros.

A iniciativa de cobrança de estacionamento acompanha tendência de outras universidades para melhorar a sistemática do trânsito interno. Além disso, a mudança busca proporcionar reflexão sobre as formas de deslocamento da população, buscando promover a utilização do transporte público.

Estacionamentos
Mais guardas de segurança

Além dos guardas da empresa Star, o câmpus conta com os seguranças da empresa Estapar, responsável pelo estacionamento da Univates. Portanto, a segurança dos veículos e dos acadêmicos foi reforçada.

Tachões

Os tachões estão dispostos nas proximidades das faixas de pedestres para fornecer segurança a eles. Não haverá remoção dos tachões, pois veículos como caminhões costumavam circular pelas vias internas do câmpus e, com a instalação dos tachões, esses casos se extinguiram.

Em decorrência da implantação dos tachões, reclamações dos pedestres por excesso de velocidade dos veículos dentro do câmpus diminuíram consideravelmente. O setor de Engenharia e Manutenção pensa que o resultado é maior e melhor do que qualquer tipo de dificuldade que eles possam causar.

Mais tomadas

Em todos os semestres são avaliadas as quantidades de tomadas em cada sala de aula. Todos os prédios e salas contêm o número necessário de tomadas. Para definir a quantidade é calculada a proporção de uma tomada para cada grupo de quatro alunos.

Centro Cultural

Depois da inauguração do Centro Cultural Univates, muitos elogios foram recebidos nas últimas avaliações. O local abrange o Teatro e a Biblioteca, com espaço para 300 mil livros. O palco do Teatro recebeu, nesse um ano de atividade, artistas como Gilberto Gil & Orquestra Sinfônica de Porto Alegre (Ospa), Leonardo Boff, Nando Reis, Roupa Nova, Thiago Lacerda, O Teatro Mágico, Ira, Abba Mania, Banda Geminis e outras atrações.

O espaço também é utilizado para atividades acadêmicas, como palestras, aulas de algumas disciplinas e formaturas dos cursos de técnicos e de graduação.

Centro Cultural
Limpeza dos banheiros e banheiros pequenos

A limpeza dos banheiros é verificada constantemente. O setor de Engenharia e Manutenção está reavaliando os processos de turnos de limpeza, com o objetivo de melhorar essa questão ao longo do semestre. A previsão é de que cada banheiro conte com um responsável pela limpeza daquele local específico. Sobre o tamanho, o setor informa que todos atendem à norma de dimensionamento de forma adequada.

Coberturas entre os prédios e até as paradas de ônibus

Anteriormente estudada, a cobertura entre prédios e até as paradas de ônibus é inviável, tendo em vista o alto investimento. Vale lembrar, também, que a expansão do câmpus e a distância entre alguns prédios elevariam os custos dessa construção.

Parada de ônibus no Prédio 18

Não há possibilidade de construção de uma parada de ônibus no Prédio 18, visto que existe uma nas proximidades.

Melhorar internet e wireless e liberar todos os acessos

O Núcleo de Tecnologia da Informação (NTI) da Univates é responsável pelo monitoramento do consumo de banda de internet e reavalia a necessidade de aumentar a capacidade de acesso web. No início deste ano, a banda de internet da Instituição aumentou de 400 Mpbs para 600 Mpbs.

O câmpus tem 265 rádios wireless instalados para atender à demanda de rede sem fio – em 2014 eram 256. Ocorrem momentos de conexão de aproximadamente 5,5 mil usuários conectados ao mesmo tempo, e toda a demanda está sendo atendida.

O pedido de liberação de acessos exige cautela, tendo em vista os riscos aos quais a Univates pode ser exposta. No início do ano passado, permitiu-se o uso das redes sociais e a necessidade de liberar demais sites é constantemente reavaliada.

A qualidade do acesso à internet em dispositivos móveis depende da infraestrutura do local e do dispositivo utilizado. Uma opção para melhorar o acesso à rede wi-fi é configurar os equipamentos pessoais. Monitores dos laboratórios de informática do câmpus podem auxiliar nessa configuração.

Internet
Melhorar reprografia e aumentar cota de cópias

Em todas as instituições de Ensino Superior, existem dificuldades no atendimento das reprografias em horários de pico. Há formas alternativas para evitar filas, como:

Sistema de encomendas do Ambiente Virtual: o acadêmico pode encomendar suas demandas pelo Ambiente Virtual e retirá-las na loja sem que precise permanecer nas filas. O valor regular da cópia é de R$ 0,13 e nesse serviço é de apenas R$ 0,11.

Terminal de autoatendimento: para facilitar a rotina dos usuários, as lojas da Absoluta oferecem a opção de autoatendimento com computadores e impressoras. Os estudantes podem acessar o Ambiente Virtual, o e-mail da Univates, utilizar pen drive ou imprimir seus documentos mediante o fornecimento do código de aluno e senha. Não é preciso pagar o valor da impressão no ato, pois ele pode ser descontado via boleto de mensalidade. O valor da cópia nesse serviço é de apenas R$ 0,11. Os terminais estão disponíveis nas lojas dos Prédios 1, 9, 12 e 16. Além disso, terminais de autoatendimento também estão localizados no segundo andar do Prédio 11, no subsolo do Prédio 7 e no segundo andar do Prédio 17.

Novas lojas
À medida que o câmpus se expande, são criados novos ambientes para disponibilizar lojas em locais com mais circulação de estudantes. Por isso, foram criadas lojas da Absoluta no Estádio Olímpico, sala 111 do Prédio 18, com horário de funcionamento das 17h às 23h; e no terceiro andar da Biblioteca, com horário de funcionamento das 7h30min às 12h e das 13h30min às 22h15min.
Desde 2012, a Univates negocia com a empresa a manutenção dos preços praticados, ou seja, desde esse período não foi realizado nenhum reajuste nos valores dos serviços. O principal custo é a mão de obra da equipe necessária para o atendimento nas lojas. Se for solicitado para a empresa, que atualmente conta com aproximadamente 30 funcionários, contratar mais equipes de trabalho, provavelmente o custo das cópias será aumentado. Por isso, a Univates incentiva os usuários a utilizarem soluções alternativas, que, além de agilizarem os serviços, têm custo reduzido.

Aumento no número de cópias custeadas pela Univates
Durante negociação com o DCE, em novembro do ano passado, foi acordado o aumento de 40 para 50 fotocópias gratuitas por disciplina de 60 horas.

Cota para plotagem e melhora do serviço
O sistema de cotas é configurado para atender apenas a impressões. Em decorrência do valor da plotagem, que é variável, não há a possibilidade de oferecer cotas fixas. Porém, a Univates trabalha para configurar o sistema ou permitir a conversão do valor em número de cópias, para que elas possam ser aproveitadas pelos alunos que utilizam plotagens.
No ano retrasado, foi instalada nova plotter colorida na loja Absoluta do Prédio 12, disponibilizando dois equipamentos para esse serviço. Além disso, também foi instalado um terminal de autoatendimento em uma das impressoras plotter, em que o aluno pode fazer sua plotagem.

Absoluta
Questões sobre lancherias

Em todos os semestres são debatidos valores dos lanches que, após tabulação, são registrados em planilha e mantidos até nova aprovação – que normalmente acontece no ano seguinte. Os estabelecimentos têm gastos com manutenção (aluguel, água, luz, gás e funcionários) e a Univates exige e fiscaliza o cumprimento de normas.

Lancherias nos Prédios 17 e 18 Bar e restaurante serão instalados nas dependências do Centro Clínico Univates, que está sendo construído e tem previsão de inauguração para início de 2016.

Melhorar lancherias As lancherias investem em reformas estruturais para melhor atender os consumidores, assim como no aspecto visual, de pessoal e vestimenta. Porém, estão sempre em observação e análise por parte da Instituição.

Lancherias
Mais laboratórios específicos

Os laboratórios específicos contemplam praticamente todos os cursos ofertados pela Univates. Recentemente em funcionamento, o Laboratório de Habilidades II engloba os cursos da área da saúde.

Ampliação e melhorias da Maquetaria A Maquetaria será transferida para o Prédio 17, para ocupar espaço mais amplo.

Laboratórios

Questões acadêmicas

Rever disciplinas/ reavaliar currículo

A Univates sempre busca atender ao que as diretrizes curriculares estabelecem. A partir disso, a escolha dos conteúdos e da carga horária de cada curso é feita seguindo as orientações dos Conselhos dos Cursos, ou seja, o que o coletivo de professores define no Projeto Pedagógico. Da mesma forma, a ordem das disciplinas e seus pré-requisitos são definidos no Projeto Pedagógico de Curso (PPC). Os estudantes podem enviar sugestões aos coordenadores de curso ou ao Diretório Acadêmico (DA) do seu curso, que representam os alunos nas reuniões dos Conselhos, as quais ocorrem mensalmente e contemplam essas questões, entre outras. As datas e os locais desses encontros podem ser conferidos com a coordenação do curso ou nos respectivos Centros.

Turmas grandes

A cada semestre, o número de disciplinas com mais de 60 alunos tem diminuído e, em 2014/A, representou apenas 0,7% do total de disciplinas oferecidas pela Instituição. De acordo com o Banco de Dados Institucional, a média de alunos por turma no segundo semestre de 2014 foi de 25,35. A maioria das turmas continua tendo entre 15 e 25 alunos, o que equivale a 37,60% das disciplinas, um percentual de 3,75% a mais do que no primeiro semestre de 2014. Para evitar que o número de alunos exceda o planejado para as turmas, é importante que a matrícula seja sempre realizada dentro do prazo estipulado, pois frequentemente acontecem solicitações fora do prazo para disciplinas já lotadas. Isso pode ocorrer excepcionalmente para alunos em fase final de curso, que precisam cursar disciplinas específicas para a conclusão dos estudos. Para evitar esse tipo de dificuldade, os coordenadores de curso destinam turnos especiais para a orientação de matrículas.

2014B
Total geral de turmas confirmadas: 1290
Média de alunos por disciplinas confirmadas: 32.704/1.290 = 25,35
Disciplinas com 14 ou menos alunos 252 19,53%
Disciplinas com 15 a 25 alunos 485 37,60%
Disciplinas com 26 a 35 alunos 274 21,24%
Disciplinas com 36 a 45 alunos 145 11,24%
Disciplinas com 46 a 55 alunos 77 5,97%
Disciplinas com 56 a 60 alunos 48 3,72%
Disciplinas com 61 ou mais alunos 9 0,70%
Dificuldades de aprendizagem/monitorias mais

Por meio do Laboratório de Aprendizagem – Uniapren, a Univates realiza oficinas e atendimentos para estudo individual ou em grupo para auxiliar os estudantes. Em 2014, foram realizados 1.263 atendimentos e 38 oficinas, somando um total de 596 alunos atendidos. Além de conteúdos específicos, são trabalhadas questões relacionadas a citações de referências bibliográficas e estratégias de estudo para aprimorar a autoaprendizagem.

No Ambiente Virtual também há material de apoio, que pode ser utilizado em estudos individuais, como provas simuladas do Exame Nacional de Desempenho dos Estudantes (Enade), provas de proficiência e materiais sobre acentuação e ortografia. Para isso, acesse os “Ambientes de Autoestudo”, pelo link www.univates.br/servicos/laboratorio-de-aprendizagem. Mais informações sobre as atividades do Uniapren podem ser conferidas pelo telefone (51) 3714-7000, ramal 5917, ou pelo e-mail uniapren@univates.br.

Disponibilizar mais disciplinas

A oferta de disciplinas é estipulada pelos coordenadores de curso visando à integralização do curso, levando em conta o número de alunos aptos a cursarem a disciplina e a disponibilidade dos docentes. É importante também que as provas de proficiência, bem como as disciplinas organizadas por semestre sejam cursadas seguindo a organização estabelecida pelo currículo do curso, para que a falta de algum pré-requisito não dificulte a matrícula. Os alunos dos cursos de graduação e sequencial também têm a possibilidade de cursar disciplinas de outros cursos, que podem ser aproveitadas como eletivas.

Qualificar professores/melhorar didática/slides demais

A formação continuada para qualificar a atuação dos professores é uma das atribuições do Núcleo de Apoio Pedagógico (NAP). Para isso, são realizados reuniões, cursos, palestras, oficinas e outros eventos institucionais. Também são realizadas assessorias individuais ou em grupo aos docentes, por solicitação espontânea ou por encaminhamentos. No ano de 2014, 763 professores participaram do Programa de Qualificação Docente, que realizou 46 atividades entre oficinas, palestras e fóruns. Além disso, ao ingressarem na Univates, os docentes participam de programa para professores novos.

A didática das aulas é estipulada pelos professores de acordo com os objetivos da disciplina, incluindo atividades práticas e visita aos laboratórios, quando possível, e diferentes métodos de avaliação. Sugestões pontuais podem ser encaminhadas ao próprio professor da disciplina ou ao coordenador do curso.

Trabalhos demais

É natural que o Ensino Superior exija mais dedicação por parte dos estudantes, que devem levar em consideração também o tempo necessário de horas de estudos para cada disciplina.De acordo com a última pesquisa de perfil dos estudantes da Univates, realizada em 2012, mais de 75% dos acadêmicos afirmaram exercer alguma atividade profissional com dedicação superior a 20 horas semanais. Assim, o tempo para dedicação aos estudos, como a realização de pesquisas e elaboração de trabalhos, torna-se menor. Lembre-se: quanto maior o grau de exigência dos professores, melhor será a sua formação e o preparo para o mercado de trabalho.

Coordenação deve estar mais presente

Cada coordenador de curso reserva parte da sua carga horária de trabalho para atender a solicitações dos estudantes, com o objetivo de auxiliar nas questões curriculares e de conteúdos das disciplinas, além de sanar outras dúvidas. Participantes da última edição da Avaliação Institucional elogiaram, inclusive, a atuação de seus coordenadores por essa disponibilidade. Se houver alguma dificuldade no agendamento de horário direto com o coordenador, a recomendação é que o acadêmico entre em contato com a respectiva direção de Centro. Se o coordenador não for encontrado em sua sala, o estudante também pode dirigir-se às salas dos Centros para buscar resolver algumas questões. Os horários disponíveis de cada professor podem ser consultados com as secretarias dos Centros:

Centro de Ciências Biológicas e da Saúde (CCBS), ramais 5454 e 5455, sala 216 do Prédio 11, e-mail cbs@univates.br

Centro de Ciências Exatas e Tecnológicas (Cetec), ramais 5227 e 5323, sala 218 do Prédio 11, e-mail cetec@univates.br

Centro de Ciências Humanas e Sociais (CCHS), ramais 5450 e 5545, sala 226 do Prédio 7, e-mail cchs@univates.br

Centro de Gestão Organizacional (CGO), ramais 5452 e 5575, sala 227 do Prédio 7, e-mail cgo@univates.br

Centro de Educação Profissional (CEP – Cursos Técnicos), ramais 5294 e 5358, sala 411 do Prédio 9, e-mail cep@univates.br

Melhorar sistema de matrículas/melhorar divulgação das disciplinas a serem cursadas/não mudar professores depois da matrícula/melhorar opções de matrícula

O Núcleo de Tecnologia da Informação (NTI) da Univates trabalha para a qualificação contínua do sistema de matrículas. Neste semestre, foram feitos feitos investimentos em software para a otimização dos processos. A divulgação do nome do professor com a disciplina oferecida é realizada quando é possível confirmar com antecedência a disponibilidade do docente. No entanto, as disciplinas não deixam de ser oferecidas quando não há essa confirmação, permitindo, inclusive, a contratação de professores específicos da área.

Mais bolsas para pesquisa/auxílio-alimentação para os bolsistas

Atualmente, a Univates conta com 100 bolsistas internos e outros 108 estudantes com bolsas de órgãos de fomento, como o Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq), a Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado do Rio Grande do Sul (Fapergs) e outros. O objetivo da Instituição é buscar cada vez mais recursos com esses órgãos para ampliar a oferta de bolsas. Quanto à sugestão de auxílio-alimentação para bolsistas, o assunto será discutido pela Reitoria no segundo semestre deste ano.

Mais palestras, atividades complementares, viagens de estudos e minicursos

A Univates busca não apenas expandir o número de atividades que oferece a seus estudantes, como também diversificar as oportunidades de aprendizagem com a realização de diferentes eventos. Somente no primeiro semestre de 2014 foram realizados mais eventos acadêmicos do que em todo o ano de 2013.

Entre ciclos de palestras, conferências, seminários, workshops, congressos, encontros, reuniões, aulas inaugurais, semanas acadêmicas, oficinas, palestras, visitas técnicas, viagens de estudos, jornadas e apresentações de trabalho de conclusão de curso, já foram contabilizados mais de 590 eventos durante 2014, sem contar o número de atividades voltadas à arte e à cultura.

Além disso, a Instituição mantém cursos regulares de extensão nas áreas da tecnologia da informação, gastronomia e línguas. As atividades complementares são aprovadas pelos coordenadores de curso, mediante protocolo e adequação ao Projeto Pedagógico do Curso. Sugestões de atividades podem ser enviadas diretamente aos coordenadores.

Mais saídas de campo/auxílio para as saídas de campo

Conforme resolução da Univates, a concessão de auxílios para participação em eventos e para realização de viagens de estudo pelos alunos dos cursos sequencial e de graduação deve considerar, prioritariamente, os seguintes critérios para a destinação dos recursos: viagens de estudo e visitas técnicas programadas pelo curso como atividade obrigatória de disciplina ou como atividade complementar; apresentação de trabalho em congressos, simpósios etc. em nome do curso/Instituição; financiamento prioritário para grupos de alunos, preferencialmente não cumulativo no ano; prioridade de financiamento para deslocamento, em segundo lugar para hospedagem e em terceiro lugar para inscrição. Os recursos são gerenciados por Centro, de acordo com as demandas apresentadas pelos coordenadores de curso e conforme avaliação dos Conselhos de Centro.

Para este ano, além do valor regularmente investido em compra de bibliografia, a Reitoria disponibilizou verba para ser investida na realização de viagens de estudos, a ser aplicada conforme indicação do DCE. Dessa forma, as solicitações sobre esses assuntos também podem ser realizadas com os representantes dos estudantes.

Estágios em mais locais/estágios à noite

Para sugerir mais locais de estágios, os estudantes podem enviar sugestões aos coordenadores de curso ou ao Diretório Acadêmico do seu curso, que representam os alunos nas reuniões dos Conselhos, as quais ocorrem mensalmente e contemplam esse tipo de questão.

Biblioteca

Mais livros

Para este ano, além do valor regularmente investido em bibliografia, a Reitoria estipulou verba para ser investida na compra de livros e na realização de viagens de estudos, a ser aplicada conforme indicação do DCE. Dessa forma, as solicitações sobre esses assuntos também podem ser realizadas com os representantes dos estudantes. Ainda, o site da Biblioteca conta com um espaço especial em que os acadêmicos podem sugerir os livros a serem comprados. As sugestões são enviadas para avaliação dos coordenadores de curso, sendo efetuada a compra em caso de parecer positivo. Para sugerir materiais a serem comprados, acesse www.univates.br/biblioteca e clique no link Sugestão de Livros.

O acervo total da Biblioteca, conforme registro do mês de abril, é de 62.199 obras e 153.090 volumes – ou seja, somente no último semestre foram adquiridos mais de 1.500 obras e mais de 7.500 volumes. Os professores e coordenadores de curso encaminham suas sugestões de obras via Solicitações de Compras.

Além dos livros impressos, a Biblioteca da Univates também oferece livros eletrônicos, conhecidos por e-books, por meio de dois acervos digitais: Biblioteca Virtual Universitária e Minha Biblioteca, que totalizam mais de nove mil títulos.

Biblioteca
Prazo de devolução

Os materiais da Biblioteca são de uso coletivo, portanto, para garantir o fluxo de circulação e o acesso aos materiais para todos os usuários, é estipulado prazo de empréstimo. Ao não devolver ou renovar no prazo, o usuário estará prejudicando os outros estudantes. Os prazos de empréstimos são definidos de acordo com cada categoria de usuário e com direito a renovação, se não houver reserva.

Atualmente o aluno dos cursos de graduação e técnico pode realizar até três renovações on-line consecutivas, caso o material não tenha reserva, totalizando 28 dias para leitura e pesquisa. Já o aluno formando pode ficar com o material retirado por 56 dias, se não houver reserva.

Conforme a gerente da Biblioteca, Ana Paula Monteiro Lisboa, buscando atender a essa demanda, oriunda da Avaliação Institucional, a partir de maio de 2015 a Biblioteca disponibilizará cinco renovações on-line consecutivas, facilitando as renovações e concedendo prazos de empréstimo maiores, caso o material não tenha reserva. Dessa forma, o aluno da graduação e técnico irá totalizar 42 dias para sua leitura e pesquisa e o aluno formando, 84 dias.

Ana Monteiro
Ampliar o acervo digital

A Univates possui duas assinaturas com empresas que oferecem plataformas de acesso a livros eletrônicos para disponibilização aos alunos. Pretende-se manter as assinaturas atuais com a Biblioteca Virtual Universitária e a Minha Biblioteca, oferecendo, até este momento, um total de 9.340 títulos de livros eletrônicos nas diversas áreas do conhecimento. Como o mercado editorial e as empresas que oferecem essas plataformas de acesso aos livros eletrônicos estão crescendo no Brasil, a Biblioteca da Univates está avaliando a possibilidade de realizar novas assinaturas.

Multas caras

Em acordo com o DCE, a Univates não reajustou o valor das multas da Biblioteca nos últimos dois anos. Para evitar o pagamento de multas, é possível configurar seu usuário no site da Biblioteca para receber avisos por e-mail nos dias que antecedem o fim do prazo de empréstimo. Para isso, acesse www.univates.br/gnuteca.

Biblioteca
Biblioteca abrir sábado à tarde
Desde o início deste semestre, a Biblioteca fica aberta aos sábados, das 7h30min às 17h, sem fechar ao meio-dia.