Notícias

03 Maio de 2018

Resultado do Enade coloca Univates entre as melhores universidades do país

Conforme os indicadores do Exame Nacional de Desempenho de Estudantes (Enade) 2016 (divulgados no final de 2017), apenas 6% dos cursos avaliados no Brasil conseguiram conceito máximo na prova. Entre eles está o curso Superior de Tecnologia em Estética e Cosmética da Universidade do Vale do Taquari - Univates, que, em uma escala de 1 a 5, recebeu nota 5 no Enade.

A Univates teve 57% dos cursos com notas excelentes e 43% dos cursos com notas consideradas satisfatórias. O resultado é semelhante à média das instituições públicas. As públicas tiveram 59% dos cursos com conceito 4 e 5. Já as privadas conseguiram atingir apenas 22% de notas 4 e 5. Na média geral brasileira, as notas excelentes (4 e 5), que comprovam alta qualidade, ficam restritas a apenas 30,75% dos cursos avaliados.

Cursos avaliados no último ciclo:
Biomedicina - nota 3
Estética e Cosmética - nota 5
Farmácia - nota 3
Nutrição - nota 4
Fisioterapia - nota 4
Educação Física (bacharelado) - nota 4
Enfermagem - nota 3

Importância para o estudante

Para Angélica Paludo, estudante de Estética e Cosmética que realizou a prova do Enade, ter participado do processo foi muito importante para sua formação. “Quando fui chamada realmente não sabia a importância do Enade para o estudantes. Mas, após fazer a prova, consegui notar que, mais do que um desafio no meu currículo, foi um desafio pessoal e profissional. Meu conhecimento era medido exatamente pelo que sei. Em provas da Universidade também nos sentimos desafiados, mas é diferente, porque quem monta nossas provas são as mesmas pessoas que nos passam o conhecimento. No Enade é uma junção de muitas questões enviadas de todas as partes do País, é conhecimento geral e amplo do assunto. As perguntas que eu não sabia responder pensava: ‘se isso está aqui é porque é importante, preciso saber’. Foi um desafio, um autoconhecimento”, comenta a estudante.

Segundo Angélica, a qualidade do curso, confirmada no resultado da prova, é um reflexo da qualidade dos professores. “Os professores nos tratam como colegas e amigos desde o momento em que entramos da Universidade. Deixam-nos à vontade para questionar e tirar dúvidas. São extremamente esforçados, buscam conhecimento e atualização no mercado de trabalho constantemente, nos passando novas informações tão imediato quanto recebem. São nossas inspirações e lutam por nós. Isso nos motiva a querer mais. Sentimos a responsabilidade de retribuir e manter o conceito máximo, por eles e por nós”, finaliza ela.

Próximo ciclo avaliativo:

A prova é de participação obrigatória aos acadêmicos concluintes inscritos, que estão no final do curso e se preparando para a formatura.

Neste ano farão a prova os estudantes dos cursos:
a) bacharelados em Administração, Ciências Contábeis, Relações Internacionais, Design, Direito, Jornalismo, Publicidade e Propaganda e Psicologia;
b) tecnológicos em Design de Moda, Gastronomia, Gestão de Recursos Humanos, Gestão Financeira e Logística.

O concluinte que for inscrito e não comparecer ao exame torna-se estudante em situação irregular e fica sob pena de não colar grau e, consequentemente, não receber o diploma de conclusão de curso até que a situação esteja regularizada.
O Enade segue o ciclo avaliativo trienal e ocorre no segundo semestre de cada ano. Além da prova, o estudante concluinte deve responder ao Questionário do Estudante, também obrigatório.

Clique para ampliar