AVALIAÇÃO DISCENTE SOBRE O DESENVOLVIMENTO DOS PROCESSOS DE ENSINO E APRENDIZAGEM MEDIADOS PELAS REDES SOCIAIS

Autores

DOI:

https://doi.org/10.22410/issn.1983-0378.v39i1a2018.1619

Palavras-chave:

Redes Sociais. Trabalho Docente. Ensino-Aprendizagem

Resumo

Estudar as redes sociais como aparatos à didática docente na ótica discente, a fim de averiguar o trabalho docente sobre as interações e diálogos à luz da Sustentabilidade Ambiental com estudantes da Educação Básica, foi o objetivo central deste artigo. A metodologia abordada foi de cunho exploratório, tratando-se de um estudo quali-quantitativo. Coletou-se os dados por meio de uma adaptação às 5 afirmações da escala de Likert, inseridas nas redes sociais. Constatou-se que os estudantes compreendem a necessidade do trabalho docente estar pautado no uso das redes sociais e a necessidade de compromisso e dedicação por parte dos mesmos frente ao trabalho docente vinculado às tecnologias. Destarte, a ação deste estudo indica iniciativa e estímulo aos docentes para buscarem a qualificação e a atualização dos processos ensino e aprendizagem via uso das redes sociais.

Biografia do Autor

Everton Bedin, Ulbra, UFRGS

Graduado em Química Licenciatura Plena pela Universidade de Passo Fundo - UPF (2009). Especialista em Tecnologia de Informação e Comunicação na Educação - TICEDU - pela Universidade Federal de Rio Grande - FURG (2014). Mestre em Educação em Química pela Universidade Federal de Uberlândia - UFU (2012). Doutor em Educação em Ciências: química da vida e saúde pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul - UFRGS (2015), visando à utilização das TICs na construção de práticas pedagógicas interdisciplinares à luz dos processos de ensino e aprendizagem na formação discente e docente. Atualmente é pós-doutorando pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul - UFRGS - no Programa de Pós-graduação: Educação em Ciências: química da vida e saúde, professor de química na escola Cristo Rei e professor adjunto com doutorado na Universidade Luterana do Brasil - Ulbra/Canoas, onde atua como coordenador do subprojeto Pibid|química e do Laboratório de Pesquisa em Ensino de Química desta universidade. Possui experiência na área de Química com ênfase em Química, trabalhando, principalmente, com formação docente no viés das temáticas: ensino, TICs, interdisciplinaridade, politecnia e metodologias de ensino

José Claudio Del Pino, UFRGS, Univates

Possui graduação em LICENCIATURA EM QUÍMICA pela Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul (1975), graduação em QUÍMICA INDUSTRIAL pela Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul (1975), especialização em QUÌMICA pela Universidade de Passo fundo (1978), especialização em ENSINO DE QUÍMICA pela Universidade de Caxias do Sul (1988), mestrado em Mestrado em Ciências Biológicas-Bioquímica pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul (1984), doutorado em Engenharia de Biomassa pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul (1994) e pós-doutorado pela Universidade de Aveiro-Portugal (2004). Atualmente é professor associado da Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Professor-Orientador do PPG Educação em Ciência Química da Vida e Saúde e do PPG Química ambos da Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Bolsa de Produtividade em Pesquisa do Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Tem experiência acadêmica na área de Educação, com ênfase em Educação Química, atuando principalmente nos seguintes temas: formação de professores, ensino de química, material didático, currículo de química e informática educativa.

Downloads

Publicado

23-07-2018

Como Citar

BEDIN, Everton; DEL PINO, José Claudio. AVALIAÇÃO DISCENTE SOBRE O DESENVOLVIMENTO DOS PROCESSOS DE ENSINO E APRENDIZAGEM MEDIADOS PELAS REDES SOCIAIS. Revista Signos, [S. l.], v. 39, n. 1, 2018. DOI: 10.22410/issn.1983-0378.v39i1a2018.1619. Disponível em: https://www.univates.br/revistas/index.php/signos/article/view/1619. Acesso em: 13 jul. 2024.

Edição

Seção

Artigos