RELAÇÕES ENTRE LÍNGUA INGLESA, BNCC E FORMAÇÃO INICIAL E CONTINUADA DE PROFESSORES: UMA REVISÃO BIBLIOGRÁFICA

Autores

  • Solange Dalazem Zenere
  • Pâmela Roman Universidade do Vale do Taquari - UNIVATES
  • Kári Lúcia Forneck

DOI:

https://doi.org/10.22410/issn.1983-0378.v44i2a2023.3451

Palavras-chave:

Língua Inglesa, BNCC, Formação de professores, Língua Franca, Multiletramentos.

Resumo

Buscando problematizar o cenário atual de ensino de línguas, o presente artigo é uma pesquisa bibliográfica que reúne a análise de sete materiais acerca da Língua Inglesa, entre os quais artigos, teses e dissertações, publicados nos últimos cinco anos, a partir das suas relações com as implicações para o ensino de Língua Inglesa propostas pela Base Nacional Comum Curricular (BNCC). Ainda, objetivou-se fazer ligação com a formação inicial e continuada de professores, a fim de averiguar o que vem sendo discutido quanto às metodologias que fazem parte das aulas de Língua Inglesa. Partindo de uma leitura exploratória, para uma leitura crítica, podemos perceber nos resultados encontrados que entre as implicações pré-estabelecidas pela BNCC, a que mais vem ganhando destaque é a prática dos multiletramentos, enquanto o termo Língua Franca é pouco discutido, revelando uma lacuna de estudos sobre a temática. Desse modo, pensando também na formação inicial e continuada de professores, chegamos à questão: o professor de Língua Inglesa tem subsídios para atuar de acordo com o que a BNCC propõe?

Biografia do Autor

Pâmela Roman, Universidade do Vale do Taquari - UNIVATES

Graduanda do curso de Letras, pela Universidade do Vale do Taquari e também bolsista da Pesquisa Institucional "O ensinar da infância à idade adulta: olhares de professores e alunos."

Downloads

Publicado

29-12-2023

Como Citar

DALAZEM ZENERE, Solange; ROMAN, Pâmela; FORNECK, Kári Lúcia. RELAÇÕES ENTRE LÍNGUA INGLESA, BNCC E FORMAÇÃO INICIAL E CONTINUADA DE PROFESSORES: UMA REVISÃO BIBLIOGRÁFICA. Revista Signos, [S. l.], v. 44, n. 2, 2023. DOI: 10.22410/issn.1983-0378.v44i2a2023.3451. Disponível em: https://www.univates.br/revistas/index.php/signos/article/view/3451. Acesso em: 19 maio. 2024.

Edição

Seção

Artigos