POR UM ESTUDO DA EDUCAÇÃO DE JOVENS E ADULTOS NO ÂMBITO NA EDUCAÇÃO PROFISSIONAL E TECNOLÓGICA NO CAMPUS PALMAS – IFTO

Autores

  • Wilson Barbosa Alves INSTITUTO FEDERAL DO TOCANTINS - IFTO http://orcid.org/0009-0006-2923-1242
  • Rivadavia Porto Cavalcante INSTITUTO FEDERAL DO TOCANTINS - IFTO
  • Weimar Silva Castilho INSTITUTO FEDERAL DO TOCANTINS - IFTO
  • Mary Lucia Gomes Silveira de Senna INSTITUTO FEDERAL DO TOCANTINS - IFTO
  • Jacqueline Pilger Effgen INSTITUTO FEDERAL DO TOCANTINS - IFTO

DOI:

https://doi.org/10.22410/issn.1983-0378.v44i2a2023.3528

Palavras-chave:

Omnilateralidade, Educação integral, Humanismo.

Resumo

A proposta do artigo visa contribuir à compreensão do quanto o processo de transposição didática sob o caráter da alteridade e acolhimento se torna importante na construção de pilares seguros para o fortalecimento das relações humanas, levando em conta a influência das subjetividades individuais para uma intersecção propositiva com o ser social. Com esta proposta, o texto evolui no processo dialógico a partir de teorias amparadas em princípios formativos da educação integral. Para tanto, sugere a possibilidade de diálogo entre a psicologia de Carl Rogers e a teoria libertadora de Paulo Freire, além de trazer à reflexão autores humanistas brasileiros. A reflexão leva em conta o estudo de caso ancorado em uma pesquisa de documentos públicos do Instituto Federal do Tocantins – IFTO, e a práxis da roda de conversa com estudantes voluntários do Proeja-Fic/IFTO/Campus Palmas, acrescido da aplicação de questionário de resposta única (RU). Somados, as etapas metodológicas corroboram para o entendimento se os estudantes jovens e adultos vivenciam empiricamente o mundo do trabalho, ou se há uma percepção sobre a práxis do trabalho e renda, todavia, sob a égide do mercado capitalista neoliberal que, por definição, é contrário às filosofias humanistas. A análise é importante porque o humanismo é imanente à conjuntura orientativa formativa dos institutos federais de educação, cuja conciliação da teoria e prática emerge no ideal da pedagogia libertadora emancipatória. Em síntese, a relevância do problema encontra fundamentação nos dados empíricos sob os quais estudantes do Proeja-Fic/EPT de forma quase unânime, vivenciam enquanto contradição: de um lado está a proposta tecnicista vinculado ao trabalho e renda, de outro lado, a ideia de uma formação técnica profissional sob o holofote do conceito de mundo do trabalho. O entendimento é que não existe formação integral sem a emancipação do ser social.

Biografia do Autor

Wilson Barbosa Alves, INSTITUTO FEDERAL DO TOCANTINS - IFTO

Técnico em Ass. Educacionais no IFTO. Especialista em Educação e em Filosofia Clínica. Mestrando em Educação Profissional e Tecnológica - ProfEPT. Graduado em Filosofia e escritor. Trabalha em Educação e comportamento.

Rivadavia Porto Cavalcante, INSTITUTO FEDERAL DO TOCANTINS - IFTO

Doutor em Linguística e Práticas Sociais pela Universidade Federal da Paraíba - (PROLING/UFPB). Estágio de Doutorado Sanduiche (PDSE/CAPES) - Boursier d' Excelence - pela Universidade de Genebra (UNIGE), Suíça. Mestre em Linguística e Práticas Sociais (PROLING/UFPB).

Weimar Silva Castilho, INSTITUTO FEDERAL DO TOCANTINS - IFTO

Possui Licenciatura em Física pela Universidade Federal de Goiás - (2003), pós-graduação Lato Sensu em Métodos e Técnicas de Ensino pela Universidade Salgado de Oliveira (2005), Mestre em Sistemas Mecatrônicos pela Universidade de Brasília (2008) e Doutor em Sistemas Mecatrônicos pela Universidade de Brasília (2016), na área de concentração de materiais funcionais e estruturas adaptativas, com o foco da pesquisa em ligas com memória de forma.

Mary Lucia Gomes Silveira de Senna, INSTITUTO FEDERAL DO TOCANTINS - IFTO

Graduada em PEDAGOGIA pela Universidade Federal de Juiz de Fora (1997), Especialista em Turismo pela Universidade Católica de Brasília (2005), Mestre em Ciências do Ambiente pela Universidade Federal do Tocantins (2008), Doutora em Ciências pela Universidade de São Paulo (USP/IPEN). Atua como Professora Efetiva do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Tocantins (IFTO).

Downloads

Publicado

29-12-2023

Como Citar

ALVES, Wilson Barbosa; CAVALCANTE, Rivadavia Porto; CASTILHO, Weimar Silva; SENNA, Mary Lucia Gomes Silveira de; EFFGEN, Jacqueline Pilger. POR UM ESTUDO DA EDUCAÇÃO DE JOVENS E ADULTOS NO ÂMBITO NA EDUCAÇÃO PROFISSIONAL E TECNOLÓGICA NO CAMPUS PALMAS – IFTO. Revista Signos, [S. l.], v. 44, n. 2, 2023. DOI: 10.22410/issn.1983-0378.v44i2a2023.3528. Disponível em: https://www.univates.br/revistas/index.php/signos/article/view/3528. Acesso em: 19 maio. 2024.

Edição

Seção

Artigos