OS DESAFIOS DE ENSINAR CIÊNCIAS NAS COMUNIDADES RIBEIRINHAS: DILEMAS E PERSPECTIVAS DE UM PROFISSIONAL QUE CAMINHA SOZINHO PELAS CURVAS DO RIO

Autores

  • José Ricardo Oliveira Dutra Universidade Luterana do Brasil - ULBRA/RS
  • Paulo Tadeu Campos Lopes

DOI:

https://doi.org/10.22410/issn.1983-0378.v44i2a2023.3545

Palavras-chave:

escola ribeirinha, formação, gestão, ciências, educação.

Resumo

Na região Amazônica a educação é frequentemente desenvolvida em espaços rurais, em muitos casos nas comunidades conhecidas como ribeirinhas. Nesse sentido, os professores dessas escolas precisam constantemente ser ouvidos, a fim de verificar se a realidade das condições dadas para o ensino de ciências estão adequadas. O objetivo deste estudo foi investigar como os professores de ciências dos anos finais do Ensino Fundamental desenvolvem seu trabalho, além de coletar e analisar seus anseios, dificuldades e perspectivas em relação à sua função docente. Os participantes desta pesquisa foram cinco professores de ciências, um licenciado em Ciências Biológicas e quatro pedagogos, da Rede Municipal de Ensino de Manaquiri, Amazonas. Foi aplicado um questionário elaborado com base nos requisitos necessários para a materialização do ensino de ciências. Analisados os dados coletados, verificou-se que os professores de ciências que atuam nessas comunidades, embora devessem atuar como agentes de difusão dos saberes científicos, não conseguem fazê-lo a partir dos parâmetros exigidos e previstos pela normativas legais da educação brasileira. Isso ocorre devido à falta de formação adequada, estrutura física e material insuficientes, falta de apoio da gestão e do Sistema de Ensino, bem como a ausência de processos organizacionais internos que facilitem o planejamento e a execução das aulas. Se faz necessário repensar essas cadeias estratégicas, revendo-as e ajustando-as, tanto pela gestão escolar, quanto pelo Sistema de Ensino. Isso é necessário para que esses professores de ciências possam sentir-se apoiados e, assim, não precisem mais enfrentar sozinhos os desafios da sua profissão.

Biografia do Autor

José Ricardo Oliveira Dutra, Universidade Luterana do Brasil - ULBRA/RS

Pedagogo, formado na Universidade Federal do Amazonas, Mestre em Gestão e Avaliação da Educação Pública - Universiade Federal de Juiz de Fora, atualmente cursando Doutorado no Programa de Pós Graduação em Ensino de Ciências e Matemática da Ulbra- Canaos/RS. Pedagogo, técnico da Secretaria de Estado da Educação desde 2000. Diretor de Ensino do Centro Educacional Batista Canaã (2010 - 2015), do Instituto Politécnico Amazônico (2003- 2009) e da Escola Metropolitano (2001-2003). Professor Assitente nos Projetos de Pós Graduação docente da UEA, e professor Bolsista do Parfor (UEA).

Downloads

Publicado

29-12-2023

Como Citar

DUTRA, José Ricardo Oliveira; LOPES, Paulo Tadeu Campos. OS DESAFIOS DE ENSINAR CIÊNCIAS NAS COMUNIDADES RIBEIRINHAS: DILEMAS E PERSPECTIVAS DE UM PROFISSIONAL QUE CAMINHA SOZINHO PELAS CURVAS DO RIO. Revista Signos, [S. l.], v. 44, n. 2, 2023. DOI: 10.22410/issn.1983-0378.v44i2a2023.3545. Disponível em: https://www.univates.br/revistas/index.php/signos/article/view/3545. Acesso em: 19 maio. 2024.

Edição

Seção

Artigos