Biomedicina

Tudo o que você precisa saber sobre o curso de Biomedicina

Postado por Artur Dullius

compartilhe

Seja por perceber uma possível aproximação com o curso de Medicina, pelo interesse em combater futuras doenças, ou então pela atuação na perícia criminal, os motivos que levam estudantes a ingressarem no curso de Biomedicina são os mais diversos. E isso, claro, não acontece por acaso. Com um grande campo de atuação, a Biomedicina pode se relacionar com diferentes áreas. Se você tem interesse em ingressar nessa nova experiência, confira as dicas que nós listamos abaixo!

Tuane Eggers

Sobre a Biomedicina

Tuane Eggers

A Biomedicina é a área da saúde voltada para a pesquisa das doenças humanas, suas causas e os meios de tratá-las. Como biomédico, você estará apto a assumir responsabilidades técnicas, realizar testes laboratoriais, desenvolver vacinas e reagentes, dominar avanços tecnológicos e participar de programas de promoção e prevenção da saúde, além de atuar como docente no ensino superior e em pesquisa.

Qual a diferença entre Medicina e Biomedicina?

Mesmo que os dois profissionais atuem no mesmo campo da saúde humana, são carreiras diferentes e que exigem qualificações próprias. O biomédico trabalha com ferramentas que auxiliam no diagnóstico por excelência, identifica e estuda os microrganismos causadores de doenças para determinar suas causas e, assim, pesquisar substâncias que poderão tratá-las ou preveni-las. Já o médico atua diretamente em contato com pacientes. Só ele pode diagnosticar doenças, receitar medicamentos e realizar cirurgias.

Mercado de trabalho

Atualmente são 36 áreas de atuação autorizadas pelo Conselho Federal de Biomedicina. É possível atuar em análises clínicas, como consultor, geneticista, citopatologista, sanitarista, biofísico, toxicologista, farmacologista, entre outras especialidades. Pode-se ainda trabalhar em bancos de sangue, análises ambientais, indústrias, análise e comércio de bioderivados (soros e vacinas), serviços de imagem, bioengenharia, análises bromatológicas, acupuntura, auditoria e biomedicina estética.

Como funciona o curso da Univates?

O curso é oferecido na modalidade de Bacharel em Biomedicina e pode ser concluído em quatro anos, devendo, para receber o diploma, o aluno entregar um Trabalho de Conclusão de Curso (TCC) elaborado com base em uma pesquisa científica. As aulas acontecem no turno da noite, sendo apenas os estágios (quatro) realizados durante o dia. 

Diferencial

Elise Bozzetto

Com um conteúdo extenso, o curso da Univates é voltado principalmente para as disciplinas de análises clínicas, biomedicina estética e diagnóstico por imagem (único no RS). O currículo também conta com projetos integradores, que buscam relacionar o conteúdo repassado em sala de aula com o mercado de trabalho e a inserção nas comunidades da região.

Dupla atuação

Além disso, o curso se preocupa com a carreira profissional do estudante e, por isso, disponibiliza a realização de um estágio extra. “Ao concluir o curso, o estudante precisa escolher apenas uma área de atuação, dentre as 36 possíveis. Para que possa atuar em duas áreas é necessário que ele realize uma pós-graduação, ou então este estágio extra (que se torna mais viável)”, explica a coordenadora do curso, Andrea Horst.

Estrutura

Na Univates o curso possui uma estrutura completa de laboratórios, que proporcionam uma melhor experiência ao aluno. Ao todo, são 14 laboratórios, além de uma sala de balanças. Durante a graduação os estudantes também contam com práticas de atuação no Hospital Bruno Born e no Centro Clínico da Instituição.

E-book

[E-BOOK] Guia definitivo para quem quer empreender.

Receba este e-book gratuitamente.

quero esse e-book
Fale com a gente