Exatas

Para que tanta engenharia?

Postado por Elise Bozzetto

compartilhe

Você já deve ter se perguntado para que tantos cursos de engenharia, não é? Pois saiba que cada um deles trabalha com orientações diferentes. Fique com a gente e descubra qual curso é a sua cara!

Elise Bozzetto

Os engenheiros geralmente têm inclinação a conhecer como as coisas funcionam. Se você curte descobrir como um dispositivo, máquina, produto ou processo é projetado e feito ou como opera e gosta de arrumar o que estraga (adora fuçar um eletrônico estragado), grandes são as chances de essa área ser sua melhor escolha. Mas não é só isso. O engenheiro é muito curioso para novas tecnologias, gosta de aprender e de descobrir as coisas por conta própria. Se a gente pudesse fazer um resumo do que é a engenharia, seria mais ou menos assim: o engenheiro melhora a vida das pessoas por meio de produtos, processos e dispositivos. Ele pensa, a fim de beneficiar o ambiente e as pessoas, em como fazer as coisas, utilizando menos recursos naturais, energia e tempo.

Saiba mais sobre essa incrível e nobre profissão que é a engenharia!

Divulgação

Engenharia Ambiental e Sanitária

O engenheiro ambiental e sanitarista desenvolve e aplica tecnologias para que atividades humanas possam ser realizadas mantendo ou recuperando a qualidade do ambiente. Ou seja, esta importante profissão trabalha para resolver problemas da sociedade, especialmente na área ambiental, do saneamento e das energias.

O curso de Engenharia Ambiental e Sanitária forma profissionais para atuarem em todos os níveis do licenciamento ambiental e da consultoria ambiental. Esses engenheiros fazem estudos, laudos, projetos e serviços técnicos. Além disso, fazem o controle sanitário do ambiente e de vetores biológicos (organismos que transmitem agentes infecciosos). Bacana, não? Esse profissional é muito importante e pode trabalhar realizando análises (físicas, químicas, biológicas e toxicológicas), atuando com sistemas de abastecimento de água ou de tratamento de efluentes domésticos e industriais. Ainda pode monitorar diversos tipos de poluição, como a hídrica, a atmosférica e a do solo, avaliando o impacto e a recuperação dos ecossistemas. Isso tudo e muito mais!

Engenharia Civil

O engenheiro civil não entende só de concreto: essa é apenas uma das diversas áreas de atuação. Ele ainda trabalha com obras de infraestrutura, rodovias e na área de geotecnia. Nosso país está em constante crescimento e desenvolvimento e por isso precisa de muitas estruturas com as quais o engenheiro civil pode colaborar. O objetivo desse profissional é garantir a sustentabilidade, influenciando para a melhor qualidade de vida nos centros urbanos e em estruturas industriais.

O engenheiro civil pode trabalhar em empresas de engenharia e construção de pequeno, médio e grande porte, como profissional liberal autônomo, bem como em órgãos públicos no planejamento, desenvolvimento, execução, supervisão e fiscalização de projetos de engenharia civil, edificações, estradas, aterros, pontes, canais, hidrelétricas, obras de saneamento e infraestrutura viária e urbana.

Engenharia da Computação

Divulgação

Atualmente o mundo virtual tem destaque em diversas atividades cotidianas. Já imaginou se comunicar sem um sistema de computação por trás de tudo? Nem os Correios funcionam sem a computação hoje em dia. Derivada da engenharia elétrica, a engenharia da computação tem foco na infraestrutura do mundo digital, em particular as redes de comunicação e hardware digital. A velocidade da informação torna o engenheiro da computação cada vez mais requisitado. E as oportunidades no mercado de trabalho só crescem!

Engenharia de Controle e Automação

Divulgação

Hoje, mais do que nunca, empregos desaparecem devido às tecnologias de automação. A ideia de que ainda vamos depender de robôs já não é novidade. Com a automação podemos fazer mais e melhor, usando recursos tecnológicos e evitando riscos desnecessários aos trabalhadores. É ótimo contar com um profissional que faz isso, não?

 

O curso de Engenharia de Controle e Automação capacita profissionais para atuarem na resolução de problemas e melhoria de processos utilizando tecnologias autônomas. Levando em conta o mercado de trabalho, o curso é abrangente, pois o profissional pode atuar nos mais diversos segmentos da indústria, como manutenção, processos, planejamento e gerência. O mercado está aquecido e absorvendo os profissionais de forma muito rápida.

Engenharia de Produção

Divulgação

O engenheiro de produção é um profissional que tem a visão do todo em uma empresa, faz análises e aplica técnicas para melhorar os resultados das organizações em que atua, não apenas em indústrias, mas também em empresas prestadoras de serviços e no setor agrícola. Projetar, implantar, melhorar e manter sistemas produtivos integrando pessoas, materiais e equipamentos define o que faz um engenheiro de produção

curso da Univates é do tipo pleno, o que proporciona aos profissionais formados aqui ótima visão e conhecimento para a gestão, bem como capacidade para empreender em um mercado cada vez mais competitivo.

Engenharia de Software

Divulgação

O engenheiro de software trabalha com o coração dos computadores. Computador sem software não faz nada. Além dos computadores, hoje os softwares estão presentes na maioria dos equipamentos: celulares, videogames, televisores, equipamentos médicos, equipamentos de automação residencial ou industrial.

 

Muitos serviços convencionais estão migrando para versões digitais, como por exemplo, as videolocadoras (Netflix). Por isso, cada vez mais os equipamentos serão digitais e precisarão de software.  A “Internet das Coisas” (um conceito usado na área) defende que em poucos anos todos os equipamentos estarão conectados. Para tudo isso, são necessários cada vez mais engenheiros de software: tanto na criação quanto no desenvolvimento de novas soluções computacionais.

Engenharia Elétrica

Divulgação

Mais uma das engenharias clássicas! Incrível pensar em trabalhar com algo que não se enxerga (energia, eletricidade), mas que é fundamental para a vida moderna como a conhecemos, não? O engenheiro elétrico também estuda eletrônica, sistemas de alta e baixa voltagem, com foco na geração de energia. Haja energia para cursar esta engenharia!

Engenharia Mecânica

Outra engenharia clássica na qual a abordagem vai muito além de motores e máquinas. Aqui se estuda o comportamento e as aplicações dos materiais, além dos fenômenos envolvidos, para atender a determinadas necessidades e para facilitar a vida das pessoas.

O engenheiro mecânico desenvolve e projeta máquinas, equipamentos, veículos, sistemas de aquecimento e de refrigeração e ferramentas específicas da indústria mecânica. Calcula a matéria-prima necessária, providencia moldes das peças que serão fabricadas, cria protótipos e testa os produtos obtidos. Além disso, controla a qualidade, acompanhando e realizando testes diversos. Também calibra e confere medidas. Pode ainda ser o gestor de uma empresa, liderando uma equipe. E é claro, por que não abrir o seu próprio negócio?

O curso de Engenharia Mecânica da Univates forma um profissional que integra conhecimentos técnico-científicos das principais áreas da engenharia mecânica (que não são poucas), como: fenômenos de transporte, engenharia térmica, processos de fabricação, mecânica dos sólidos e projetos de máquinas.

Engenharia Química

Uma das engenharias clássicas, a partir da qual tantas outras surgiram. O engenheiro químico é o profissional que estuda processos de transformação, envolvendo controle de condições físicas, reações químicas e até mesmo processos biológicos (biorreatores). O profissional desta área está apto a atuar em diversas indústrias de transformação, incluindo fertilizantes, produtos químicos em geral, alimentos, tratamento de resíduos, indústria do petróleo e derivados, cimento, tintas e vernizes, além de recuperação de materiais visando à reciclagem. Ufa, é tanta coisa, não?

Quer saber como ingressar em alguma das nossas engenharias? Clique aqui.

E-book

[E-BOOK] Guia definitivo para quem quer empreender.

Receba este e-book gratuitamente.

quero esse e-book
Fale com a gente