Conteúdo Digital Mercado de Trabalho

Em quais áreas profissionais um dentista pode trabalhar?

Postado por Lais Pontin Matos

compartilhe

Você pensa em cursar Odontologia 🦷 e tornar-se um competente dentista? Se sua resposta à pergunta veio em um balançar afirmativo de cabeça, saiba que existe uma infinidade de áreas profissionais nas quais você pode trabalhar depois de formado(a). Tente adivinhar nossas charadas 🤔 para desvendar quatro opções de carreira que o esperam no futuro. Vamos lá? ⬇️

Nathália Braga

1) De 👀 no futuro: primeira opção de carreira

Adivinhe se puder: “Por que o rio foi ao dentista

Resposta: Porque ele queria atravessar um canal!” 😂

Especialidade relacionada: Endodontia 

 

 A Endodontia é uma área profissional da Odontologia que objetiva diagnosticar, tratar e prevenir doenças e lesões que afetam as raízes dos dentes. Visitas ao endodontista costumam ocorrer quando, por exemplo, os pacientes necessitam realizar um tratamento de canal, procedimento que consiste na retirada de um tecido dentário interno (chamado cientificamente de polpa) que se encontra danificado.  

Se desejar tornar-se endodontista, o dentista, depois de concluir a faculdade de Odontologia, deve ingressar em um curso de pós-graduação específico na área de Endodontia. Durante a especialização, que pode chegar a quase dois anos, o profissional irá aprender técnicas e procedimentos adequados para preservar a saúde das raízes dos dentes de seus futuros pacientes. Cursos de especialização em Endodontia são ofertados de Norte a Sul do Brasil, por universidades privadas e federais.

Nathália Braga

2) De 👀 no futuro: segunda opção de carreira

Adivinhe se puder: “Muitas pessoas dizem que nelas provoco dores, 

mas minha missão, além de nobre, é muito prudente: 

me esforço ao máximo para conseguir alinhar seus dentes.

Quem sou eu?” 

Resposta: Sou o aparelho ortodôntico 😂

Especialidade relacionada: Ortodontia

 

Nathália Braga

Quem nunca foi ao dentista e ficou indeciso no momento de escolher a cor das borrachinhas do aparelho que atire o primeiro bracket! Os aparelhos ortodônticos, que podem ser fixos ou móveis, desempenham uma função importantíssima dentro da boca de milhões de pessoas: eles são responsáveis pelo realinhamento de dentes e sorrisos para fins estéticos ou de mastigação. O profissional que se capacita para realizar essas tarefas recebe o nome de ortodontista. 

O curso de especialização em Ortodontia dura dois anos e é destinado a quem já se formou na faculdade de Odontologia. De acordo com um levantamento realizado pela American Association of Orthodontics (Associação Americana de Ortodontistas), existem somente nos Estados Unidos cerca de quatro milhões de pessoas que usam algum tipo de aparelho ortodôntico, sendo 25% dos pacientes adultos com mais de 21 anos. Observando o panorama estatístico, fica fácil constatar que o mercado para ortodontistas está aquecido. Se você optar por especializar-se nessa área profissional, terá excelentes oportunidades de trabalho também no exterior. Legal, né?

3) De 👀 no futuro: terceira opção de carreira

Adivinhe se puder: “Se você precisou extrair algum dente 

e agora está com vergonha de a boca abrir,

saiba que existe um profissional que pode resolver o problema 

e ajudá-lo a voltar a sorrir.” 😀

De quem estamos falando? 

Resposta: Estamos falando do implantodontista 

Especialidade relacionada: Implantodontia 

 

Ana Paula Vieira Labres

A Implantodontia é uma área profissional da Odontologia que se preocupa com a reabilitação das funções orais (como a mastigação, a estética e a fonética, por exemplo) das pessoas. O tratamento por implantes dentários melhora, dentre outros aspectos, a autoestima, a qualidade de vida e os problemas de oclusão (mastigação correta) dos pacientes que se submetem a ele.

Caso queira tornar-se implantodontista, o dentista deve ingressar em um curso de pós-graduação na área de Implantodontia. Durante aproximadamente dois anos, o estudante recebe formação teórico-prática, executando etapas cirúrgicas e protéticas de implantes dentários, aprofundando-se no diagnóstico e no planejamento de casos variados e analisando as opções protéticas adequadas para cada situação.

4) De 👀 no futuro: quarta opção de carreira

Adivinhe se puder: “Se nesta área eu me especializar, 

no Instituto Médico Legal (IML) poderei atuar 

realizando, por exemplo, perícias e procedimentos de identificação humana.

Nem preciso dizer que terei muito trabalho durante a semana.” 😷

De qual especialidade estamos falando? 

Resposta: estamos falando do ramo de Odontologia Legal 

Tuane Eggers

O dentista que ingressa na área profissional de Odontologia Legal dedica-se à pesquisa de fenômenos psíquicos, físicos, químicos e biológicos que podem atingir ou ter atingido o homem, vivo, morto ou ossada. O campo de trabalho da especialidade engloba diferentes tipos de atividades periciais, fundamentais para, por exemplo, facilitar a identificação de corpos de vítimas de acidentes aéreos.

Uma pós-graduação na área de Odontologia Legal tem duração média de 18 meses e é uma ótima opção para o profissional que desempenha trabalho forense ou relacionado à Justiça, que é auditor odontológico ou que tem interesse em aprofundar-se na especialidade, a fim de posteriormente prestar concursos públicos. Durante o curso, o aluno estuda disciplinas como tanatologia forense, propedêutica clínica e traumatologia odontolegal.

❓ Charada extra

Adivinhe se puder: “Sou uma consequência exitosa e positiva. 

As pessoas que trabalham duro esperam me encontrar. 

Não apareço por aì à toa, não. 

Para que eu surja, é preciso batalhar e estudar.

Quem sou eu?” 

Resposta: sou uma consequência chamada sucesso que mal pode esperar para ser fruto de seus esforços acadêmicos e profissionais. Venha me conquistar! 😍🙌

 

📖 Já conhece os benefícios de ser aluno da nossa Universidade?

📖 Por que estudar na Univates pode ser uma boa opção para você?

E-book

[E-BOOK] Por que estudar na Univates?

Receba este e-book gratuitamente.

quero esse e-book
Fale com a gente