Utilizamos cookies neste site. Alguns são utilizados para melhorar sua experiência, outros para propósitos estatísticos, ou, ainda, para avaliar a eficácia promocional do nosso site e para oferecer produtos e serviços relevantes por meio de anúncios personalizados. Para mais informações sobre os cookies utilizados, consulte nossa Política de Privacidade.

Contextos diversos no âmbito epidemiológico, fisiopatológico, diagnóstico e terapêutico na saúde da mulher e da criança com foco em doenças crônicas

Coordenação: André Anjos da Silva

Pesquisadores:
André Anjos da Silva
Gabriela Laste

Órgãos Financiadores:

Universidade do Vale do Taquari - Univates


Resumo:

O estudo busca descrever o perfil epidemiológico das gestantes de alto risco, conforme os dados sociodemográficos, obstétricos e perfil bioquímico e condições de nascimento do recém-nascido, assim como, investigar a prevalência das morbidades e seus fatores associados. O foco se dará em doenças crônicas para analisar seus contextos na população geral. O estudo é de caráter epidemiológico, transversal com dados coletados de prontuários das gestantes acompanhadas em ambulatório regional especializado em atendimento à gestante de risco da região sul do Brasil, além de análise prospectiva que será realizada com gestantes para analisar seu perfil bioquímico para algumas variáveis de interesse e também avaliação dos recém-nascidos com possível risco teratogênico. Os achados são relevantes para conhecer a prevalência das doenças que mais atingem as gestantes e quais os fatores de risco e proteção associados às morbidades mais prevalentes na saúde da mulher e da criança. Espera-se potencializar políticas públicas vigentes da área, qualificar o atendimento às mulheres no período gravídico-puerperal e desta forma proporcionar uma atenção integral à saúde materno-infantil e da população geral.