Doutorandas do PPGAD apresentam trabalhos sobre história ambiental em Goiás

Postado em 30/10/2017 10h45min e atualizado em 30/10/2017 10h52min

Por Nicole Morás

Janaíne Trombini e Fabiane Prestes

Divulgação

As doutorandas do Programa de Pós-Graduação em Ambiente e Desenvolvimento (PPGAD) da Univates Janaíne Trombini e Fabiane Prestes (bolsistas do  Programa de Suporte à Pós-Graduação de Instituições Comunitárias de Ensino Particulares - Prosuc/Capes), orientadas pelo professor doutor Luís Fernando Laroque, apresentaram trabalhos no VIII Simpósio Nacional de Ciências e Meio Ambiente, na III Escuela de Pos-Graduación Sociedad Latinoamericana y Caribeña de Historia Ambiental (Solcha) e no III Seminário de Integração das Equipes do Projeto Novas Fronteiras, realizados na cidade de Goiás, no estado de Goiás.

 

As atividades dos eventos aconteceram no Centro Universitário de Anápolis (UniEvangélica de Goiás) entre os dias 23 e 27 de outubro, e os temas centrais contemplaram temáticas relacionadas à sustentabilidade e questões ambientais. Os eventos contaram com conferências, exposição de painéis, grupos de trabalho, mesas-redondas, saídas de campo e simpósios temáticos.

Divulgação

Um dos trabalhos apresentados foi o estudo da doutoranda Janaíne Trombini, intitulado “História ambiental dos imigrantes italianos e seus descendentes na região do Vale do Taquari, Rio Grande do Sul”, o qual é vinculado à tese da discente e ao projeto de pesquisa “Identidades étnicas em espaço territorial da Bacia Hidrográfica Taquari-Antas/RS: história, movimentações e desdobramentos socioambientais” coordenado pelo professor doutor Luís Fernando Laroque.

Integrantes do mesmo projeto de pesquisa e também do projeto de extensão do curso de História “História e cultura Kaingang em territórios da Bacia Hidrográfica do Taquari-Antas”, coordenados pelo professor Luís Fernando Laroque, os trabalhos  apresentados pela doutoranda Fabiane Prestes foram intitulados “A perspectiva ambiental na Escola Indígena ‘Gatén’ da Comunidade Kaingang Foxá de Lajeado/RS” e “O saber sensível do Kujá sobre ambiente e saúde: um estudo de caso da Terra Indígena Foxá de Lajeado/RS”.

 

Os eventos são realizados desde 2010 e apresentam-se com um espaço de diálogo entre pesquisadores brasileiros, latino-americanos e caribenhos. Nesta edição foram divulgados resultados obtidos pelo grupo de pesquisadores da Univates composto pelos professores Luís Fernando Laroque, Margarita Gaviria Mejía, Neli Galarce Machado, Fernanda Brod e Tiago Weizenmann e por doutorandos, mestrandos e bolsistas de iniciação científica e de extensão.