Empreendedorismo é foco do CRIE Talks

Postado as 2018-09-18 22:12:09

Por Ana Amélia Ritt

Histórias empreendedoras do Vale do Taquari marcaram o CRIE Talks, evento que ocorreu nesta terça-feira, dia 18. Voltada principalmente aos estudantes da Univates, a atividade promoveu discussões sobre os desafios do mercado. A oportunidade foi promovida pelo Núcleo de Criatividade, Inovação e Empreendedorismo (Crie) da Instituição, que realiza também o CRIE Experience e o CRIE Warmup.

Entre os palestrantes da noite esteve Marcelino Macêdo, que abordou a vivência de startups e o trabalho realizada pela Taquari Valley; Maria Volpato Zagonel,  proprietária da Maria Parafina; Fernando Bildhauer, fundador da Verssa Calçados e Marco Aurélio Coppini e Matheus Silveira Antoniassi, da Stone Meios de Pagamento.

Ana Amélia Ritt

De Manaus, Macêdo contou sua experiência com startups e incentivou a visão positiva sobre o erro. “As pessoas têm medo de dizer que fracassam. Você vão falhar em algum momento, mas mantenham a calma, pois é a busca da correção que faz com que andemos para frente”, destacou. Durante sua fala, incentivou a persistência. “Muitas pessoas dizem que tal resultado é ‘sorte’. ‘Sorte’ para mim é a definição de esforço e trabalho”, ressaltou

Ana Amélia Ritt

Na sequência, Maria contou a história da Maria Parafina e afirmou que, mesmo com medo, é necessário arriscar. Com quatro anos e meio no mercado, atualmente a empresa exporta parafina para surfistas do Chile, Uruguai e Portugal, além de atingir praticamente todo o litoral brasileiro. Sendo a primeira fábrica de parafinas no Estado, a Maria Parafina foca no apoio a atletas e eventos profissionais. Durante o momento, a empresária relatou que a ideia surgiu da necessidade, já que seu marido e a família surfavam, e que o crescimento se deu com o tempo, por meio de investimento em marketing, consultorias e inovação, principalmente em relação ao nome e formato do produto. “Apesar de sabermos que nosso produto era bom, tivemos medo. O Rio Grande do Sul não possui tradição no surf, sem falar que Lajeado fica a cerca de 300 quilômetros do litoral”, comentou.

Bildhauer também abordou a importância de aprender com os erros e estar preparado para a possibilidade da situação de uma empresa mudar repentinamente. Com a história pessoal, perpassando pela familiar, o empreendedor destacou a busca por um negócio com propósito. “Queria uma marca que pudesse mudar o mundo, mas vi que isso era muito difícil, não dependia só de mim. Então pensei que talvez pudesse fazer alguma coisa no ambiente em que estou inserido, mudar o meu entorno”, afirmou referindo-se a Verssa. Com dificuldades econômicas em 2016, a empresa fechou e, segundo o proprietário, ressurgirá. “Daqui a uns meses vocês vão rever a marca, terão novidades, mas com o mesmo propósito”, afirmou.

Ana Amélia Ritt

Finalizando a noite, Coppini e Antoniassi abordaram a história da Stone Meios de Pagamento, startup nacional, que não surgiu no Vale do Taquari, mas que está no mercado desde 2012 e tem foco no cliente.

Ana Amélia Ritt

Um mês para o CRIE Warmup

Em outubro a Univates traz mais um evento de inovação, criatividade e empreendedorismo. O CRIE Warmup ocorre nos dias 18 e 19 no campus da Univates, em Lajeado. O evento, que é uma provocação para o CRIE Experience 2019, contará com a presença de Pedro Waengertner, o CEO da ACE (antiga Aceleratech), uma das aceleradoras de startups mais importantes do Brasil. Mais informações podem ser conferidas em www.univates.br/crie.