Sábado é dia de atendimentos gratuitos no Centro Clínico Univates

Postado as 30/11/2018 08:56:03

Por Leonardo Seibel

No sábado, dia 1º, o Centro Clínico Univates realiza uma ação, em conjunto com a Sociedade Brasileira de Dermatologia (SBD), em alusão ao Dezembro Laranja - mês voltado ao combate do câncer de pele. O evento acontece das 9h às 15h e conta com a participação de 62 voluntários, entre dermatologistas, cirurgiões, funcionários do Centro Clínico e estudantes do curso de Medicina, que irão realizar 100 atendimentos ao público presente. Serão feitos avaliações de pele e procedimentos cirúrgicos em casos de lesões que possam resultar em câncer de pele. Os atendimentos são gratuitos, sem a necessidade de inscrição prévia. 

Lucas George Wendt

Para o diretor técnico do Centro Clínico Univates, Carlos Sandro Pinto Dorneles, o evento é de grande importância para a comunidade, pois disponibiliza acesso a medidas de prevenção e tratamento da doença. “Os especialistas da área estarão atendendo via SUS (Sistema Único de Saúde) as pessoas que têm suspeitas sobre suas lesões de pele e não têm tempo ou condições de acessar o cuidado na rede de saúde”, explica.

Na primeira edição, realizada no ano passado, foram 20 procedimentos cirúrgicos, com 25% de lesões diagnosticadas como malignas ou pré-malignas, e cerca de 100 atendimentos em consultas dermatológicas. “A expectativa deste ano é ampliar o rastreamento e o encaminhamento de casos suspeitos, com muita satisfação dos envolvidos por estarem fazendo a diferença na vida de pessoas que poderiam ser vítimas de uma doença tão agressiva como é o câncer”, completa Dorneles.

Mais informações podem ser obtidas pelo telefone (51) 3714-7052.

Saiba mais

A ação acontece de forma simultânea em todo o Brasil, com 130 postos de atendimento, 4 mil profissionais envolvidos e cerca de 30 mil pessoas atendidas. O movimento Dezembro Laranja foi criado em 2014 pela Sociedade Brasileira de Dermatologia com a intenção de estimular a população na prevenção e no diagnóstico ao câncer de pele. Desde então, a entidade realiza, no último mês do ano, ações para lembrar a população sobre como evitar o câncer mais comum no País.

Sobre o câncer de pele

O câncer de pele é provocado pelo crescimento anormal das células que compõem a derme. Existem diferentes tipos de câncer de pele que podem se manifestar de formas distintas, sendo os mais comuns denominados carcinoma basocelular e carcinoma espinocelular - chamados de câncer não melanoma -, que apresentam altos percentuais de cura se diagnosticados e tratados precocemente. Um terceiro tipo, o melanoma, apesar de não ser o tipo de câncer de pele mais incidente, é o mais agressivo e potencialmente letal. Quando descoberta no início, a doença tem mais de 90% de chance de cura.

Em todos os tipos, a exposição excessiva e sem proteção ao sol é a principal causa do câncer. A doença pode se manifestar como uma pinta ou mancha, geralmente castanhada ou enegrecida, como uma papoula ou nódulo avermelhado, cor da pele ou perolado, ou mesmo como uma ferida que não cicatriza (Fonte: Sociedade Brasileira de Dermatologia).