Dos laboratórios para o campo: inovação gerada a partir de pesquisa contribui para o desenvolvimento do Vale do Taquari

Postado as 26/02/2019 08:51:18

Por Nicole Morás

O compromisso com o Vale do Taquari é uma das marcas da Universidade do Vale do Taquari - Univates ao longo de 50 anos de história do ensino superior na região, comemorados em 2019. Um dos aspectos em que isso pode ser conferido é na transferência de tecnologia da Universidade para diferentes setores produtivos. Nesse sentido, a inovação representa um dos pilares que simbolizam a atuação da Univates na região, assim como a educação, o desenvolvimento regional e os impactos na comunidade.

Estúdio Objetivo

No pilar de inovação, uma das consequências das pesquisas e das atividades da Univates podem ser exemplificadas com a história de pessoas como Camila Rosenbach, uma pequena produtora de morangos de Cruzeiro do Sul. Filha de produtores rurais, ela não via seu futuro no campo, mas sempre ajudava nas terras da família. Sempre que podia plantava morangos, mas muitos não resistiam a pragas, o que a desmotivava. Até que ela conheceu a pesquisa sobre controle biológico realizada pelo professor Juarez Ferla, coordenador do Programa de Pós-Graduação em Sistemas Ambientais Sustentáveis (PPGSAS).

No Laboratório de Acarologia, vinculado ao Parque Científico e Tecnológico do Vale do Taquari (Tecnovates), Ferla e sua equipe fazem a produção de ácaros predadores.

Eles são controladores naturais de outros ácaros”, explica o professor. Ele acrescenta que a Univates é inovação, tecnologia e conhecimento. Por isso os morangos da Camila são mais bonitos, saborosos e livres de pesticidas, conclui ele.

Camila resume: “os morangos mudaram a minha vida, a minha qualidade de vida. A gente não usa agrotóxicos e, tanto para a minha saúde quanto para a saúde do consumidor, há uma vida mais saudável”.