Neste Dia da Mulher conecte-se consigo mesma

Postado as 08/03/2019 16:59:38

Por Isabel Pavan

Lucas Villela

O Dia da Mulher carrega uma história de lutas e conquistas que continua sendo escrita por todas as mulheres todos os dias. Uma data para despertar o reconhecimento, empoderar-se ao se identificar em outra mulher, respeitar sua jornada, honrar sua existência e sentir-se mais segura em sua presença. Neste dia 8 de março cada uma é homenageada e relembrada que mulheres devem caminhar juntas, porque juntas se tornam mais fortes.

Pensando nas lutas diárias por gualdade, para este Dia da Mulher a Univates organizou uma programação especial para empoderar as mulheres que movem a Instituição. Esta sexta-feira é dedicada a elas, com momentos para cuidar de si mesma, conectar-se com sua essência e estimular seu autoconhecimento e autoconfiança. Pela manhã, alunas da Instituição participaram da atividade “Mindfulness: cultivando a atenção plena e a alegria com a meditação”, que também ocorrerá à noite.

Dipes também preparou atividades

Funcionárias da Univates também participaram de uma programação especial, desenvolvida pela Diretoria de Desenvolvimento de Pessoas (Dipes). São vários momentos durante todo o dia com atividades de “Mindfulness: cultivando a atenção plena e a alegria com a meditação”, “Yoga: harmonizando o corpo com a mente e a respiração” e “Biodança: a dança da vida”.

Empoderamento para todas

Divulgação

Na manhã deste Dia da Mulher, participantes do projeto de extensão Projeto de extensão Marias: corpo e linguagem na instituição prisional realizaram uma ação especial para as apenadas do Presídio Feminino de Lajeado, como forma de comemoração e conscientização sobre o significado da data. Segundo a coordenadora, professora Silvane Fensterseifer Isse, a equipe realizou uma campanha de doação e montou kits com produtos de perfumaria. “Fizemos uma roda de conversa sobre as lutas das mulheres, sobre a situação das mulheres no Brasil e também trabalhamos com dança e massagem. Foi uma manhã muito bonita”, ressalta Silvane.

O projeto de extensão da Univates Marias: corpo e linguagem na instituição prisional tem como um de seus objetivos a ressocialização de apenadas do Presídio Feminino de Lajeado. Para mais informações sobre o projeto, entre em contato pelo e-mail silvane@universo.univates.br.