Desfile de Moda Inclusiva chega à quarta edição com cerca de 40 modelos na passarela do Teatro Univates

Postado as 20/08/2019 21:56:35

Por Nicole Morás

Por uma moda que contemple as diferentes necessidades de pessoas com e sem deficiência. É com esse objetivo que a Universidade do Vale do Taquari - Univates realiza, pelo quarto ano consecutivo, o Desfile de Moda Inclusiva, que ocorreu na noite desta terça-feira, 20, no Teatro Univates. O evento é uma iniciativa dos cursos de Design de Moda, Estética e Cosmética, Fisioterapia e Psicologia e integra a Semana da Inclusão da Univates.

Na abertura, o diretor do Centro de Ciências Biológicas e da Saúde, Jairo Hoerlle, destacou o envolvimento de diversos setores da Universidade na realização do evento. Segundo ele, a inclusão foi o ponto máximo da noite. “Inclusão não é apenas colocar-se no lugar, mas ao lado. Não é apenas olhar para, mas olhar com. Não é apenas fazer com, mas fazer junto”, definiu ele. Em acréscimo, o diretor do Centro de Ciências Humanas e Sociais, Leonel José de Oliveira refletiu que participar da Semana da Inclusão proporciona pensar sobre uma temática de modo que o que é tratado possa ser levado como ensinamento para todos os outros dias do ano.

Nicole Morás

Também houve apresentação do músico Conrado Vier e desfile de acessórios produzidos por mulheres privadas de liberdade do Presídio Feminino de Lajeado, que participam do projeto de extensão Marias: Corpo e Linguagem na Instituição Prisional. De acordo com a coordenadora do projeto Marias, professora Silvane Fensterseifer Isse, esta também é uma maneira de oportunizar a inclusão, neste caso, da população carcerária feminina.

Nicole Morás

Em seguida, cerca de 40 modelos com e sem deficiência tomaram conta da passarela com as peças desenhadas e produzidas especialmente para eles. Rodrigo Buffon (à direita na foto) disse que o desfile era apenas a estreia e a porta de entrada para a sua carreira de sucesso.

A roupa que ele vestia foi elaborada pela diplomada Brenda Buffé (ao centro), de Encantado. Formada em 2016 antes da primeira edição do Desfile de Moda Inclusiva, Brenda apostou no estilo minimalista e em peças básicas. “Três dos meus modelos têm Síndrome de Down e a principal especificidade foram os tamanho das peças, geralmente menores do que as disponíveis no mercado. A coleção foi desenvolvida especialmente para esse desfile e foi maravilhoso voltar à Univates”, disse ela.

Nicole Morás

 

 

Quem também desfilou foi Daniele Bercklen, que ganhou um traje completo de inverno pelas mãos da estudante Adriana da Fonseca, de Pouso Novo. “Quando soube do desfile, logo lembrei da Dani e fiz peças mais leves para a meia estação e um casaco inspirado no inverno europeu”, explicou Adriana. A acadêmica complementou que a experiência foi maravilhosa. “Foi um aprendizado muito grande. Foi enriquecedor para mim como pessoa e profissional. Participar do Desfile de Moda Inclusiva abre os nossos horizontes para a forma como deveríamos pensar todos os dias”, finalizou.

Roda de conversa

Após o Desfile de Moda Inclusiva foi realizada uma roda de conversa sobre o assunto com participação das acadêmicas e modelos Julia Alves Pinheiro, Daiane Morgenstern, Rosangela Ruppenthal, Francieli dos Santos, Bruna Mallmann, Laura Baseggio; das professoras Giovana Sinigaglia e Beatris Rossi, com mediação da professora Magali Grave.

Nicole Morás

Nicole Morás

Nicole Morás

Nicole Morás

Nicole Morás

Nicole Morás

Nicole Morás

Nicole Morás

Nicole Morás

Nicole Morás

Nicole Morás

Semana da Inclusão

Na quarta-feira outras duas atividades estão programadas. De tarde, os cursos de Direito e Fotografia promovem a oficina “Fotografia vendada: interdisciplinaridade, sensibilidade e criatividade”. À noite, a aula aberta organizada pela Área de Humanidades traz o tema “Inclusão social: espaços urbanos, educação inclusiva e questões de gênero”.

Na quinta-feira, dia 22, está prevista uma sessão de cinema acessível, direcionada a crianças de escolas de Lajeado e região do Vale do Taquari. Será exibido o filme “Divertida Mente” com três tecnologias de acessibilidade simultâneas (audiodescrição, janela de Libras e legendas). A palestra “Inclusão de PCDs no mercado de trabalho: uma questão de dignidade”, proferida pelo auditor fiscal do trabalho Rafael Faria Giguer, acontece no mesmo dia, no turno da noite. Encerrando a Semana da Inclusão, a atividade “Reflexão sobre relações de gênero” acontece na sexta-feira de tarde.

As inscrições para a Semana da Inclusão são gratuitas e podem ser feitas em univates.br/sistemas/inscricoes. Mais informações podem ser obtidas pelo e-mail desenvolvimento@univates.br ou pelo telefone (51) 3714-7000, ramal 5229.