Atendimento na UPA é reforçado por alunos de Medicina da Univates

Postado as 30/10/2019 14:40:12

Por Vinicius Mallmann

Lucas George Wendt

Os mais de 7 mil atendimentos mensais realizados na Unidade de Pronto Atendimento (UPA) de Lajeado ganharam reforço neste segundo semestre. Trata- se de uma parceria entre o Programa de Desenvolvimento Institucional do Sistema Único de Saúde (PROADI-SUS) e a Universidade do Vale do Taquari - Univates com a Prefeitura Municipal de Lajeado. 

A UPA é um estabelecimento de saúde financiado pelo Sistema Único de Saúde (SUS) que funciona 24 horas em todos os dias da semana, incluindo feriados e pontos facultativos. Conforme Úrsula Jacobs, coordenadora do serviço, a Unidade presta atendimentos aos pacientes em quadro de saúde agudo e/ou crônico acentuado e o primeiro atendimento aos casos graves, estabilizando os pacientes e definindo a necessidade ou não de encaminhamento a serviços hospitalares de maior complexidade. 

 

Úrsula comenta que o auxílio dos estudantes contribui numa melhor prestação de serviços para a comunidade “A presença dos estudantes no ambiente de trabalho traz motivação e conhecimento atualizado para os profissionais, e enriquece as experiências e vivências dos alunos. Os pacientes se beneficiam desta interação estudante-profissional, uma vez que há dedicação mútua para aumentar a qualidade do atendimento prestado. Além disso, a UPA tem uma alta demanda de usuários, em média 250 acolhimentos por dia, e os alunos auxiliam significativamente contribuindo para a redução do tempo de espera e/ou permanência na unidade” finaliza.

Para o coordenador do curso de medicina da Univates, professor Luiz Fernando Kehl, a adesão deste novo acordo é favorável para todos. “Com o acordo, disponibilizamos ao estudante o cenário mais adequado para se aprender sobre Urgência e Emergência. A expectativa é fantástica. Juntamos duas necessidades em uma só ação. Auxilia, tanto para a UPA com com um número maior de atendimentos e maior qualidade, quanto para o curso, que passa a oferecer uma excelente capacitação prática aos seus discentes. Além da UPA, o aluno ainda tem experiência prática no setor de urgência e emergência do Hospital Bruno Born- HBB” salienta do professor.

Divulgação

 

Estudante do curso, Roberto Lemos dos Santos salienta a importância do ingresso prático, ainda no curso. “ A prática é muito importante para nos aproximar de uma realidade de um futuro próximo. O fato de termos uma supervisão pelos professores extremamente qualificados, no prepara para além de levar saúde aos pacientes, mas também, fazer isso com a maior empatia e respeito”. Roberto ainda afirma que 

 

O atendimento feito pelos estudantes é acompanhado por um médico da universidade, e são grupos de 3 a 4 estudantes que realizam as práticas entre 30 e 60 dias na UPA. Além do aprendizado proporcionado aos alunos, a comunidade se beneficia com o apoio dos estudantes para atender a grande demanda da UPA. A presença de professores com alta especialidade e larga experiência sem qualquer custo para o sistema municipal de saúde favorece a melhoria do atendimento no município.