Alunos de escolas recebem prêmios da 11ª Olinfu e 9ª Feira de Ciências

Postado as 05/12/2019 15:51:58

Por Vinicius Mallmann

Vinicius Mallmann

Ocorreu na tarde desta quinta-feira, 05, a cerimônia de premiação da 9ª Feira de Ciências da Univates e da 11ª Olimpíada de Informática da Univates (Olinfu). O evento reuniu alunos, professores, pais e comunidade escolar no auditório do Prédio 9 da Instituição. 

Os primeiros prêmios entregues foram referentes à Feira de Ciências da Univates, que neste ano foi voltada a escolas de todo o Rio Grande do Sul e reuniu alunos de 39 escolas. O evento, que busca incentivar a inovação e a divulgação científica, ocorreu nos dias 8 e 9 de outubro e apresentou mais de 90 projetos de Ensino Fundamental, Médio e Técnico. Os resultados podem ser conferidos aqui.

Vinicius Mallmann

Entre os premiados estiveram as alunas do 9º ano do Colégio Martin Luther, de Estrela, Keila Luisa Scherrer, Juliana Birck dos Santos e Luana Geovanella. Elas obtiveram o primeiro lugar com o trabalho “Aparelho celular na rotina dos adolescentes”. Juntas elas comentam o sentimento de felicidade: “É incrível. Este foi o primeiro ano que nossa escola tentou trazer trabalhos para a Feira. E estamos muito felizes por estarmos aqui hoje”. Quanto ao objetivo do trabalho, elas contam que confeccionaram uma bolsinha para isolar o celular. “Buscamos saber se, entre os adolescentes, o celular auxilia ou prejudica a rotina escolar. Para isso, desenvolvemos um questionário, e com base nele montamos um gráfico. Como resultado, percebemos que o celular é bastante utilizado pelos alunos, porém muitas vezes ele atrapalha o estudo. Assim, desenvolvemos essa bolsinha, que inibe o sinal, tanto de Wi-fi quanto telefônico, para que o celular não possa ser usado”, finalizam.

Vinicius Mallmann

 

Por fim, a Olinfu, que recebeu, em outubro, cerca de 80 alunos de quatro escolas dos Vales do Taquari e Rio Pardo, premiou seus vencedores. A avaliação foi dividida em três categorias: Nível 1 (6º e 7º anos do EF), Nível 2 (8º e 9º anos do EF) e Nível 3 (Ensino Médio). A atividade propôs o desenvolvimento de jogos e animações com o uso do software Scratch.